‘Tapa-buraco’ de Nasr, Günther garante que pensa só em Roma. Mas avisa: “Trabalho forte na preparação”

Maximilian Günther vai substituir Felipe Nasr numa escolha que, ao menos por enquanto, visa somente o eP de Roma. O piloto alemão, entretanto, deixa claro que está trabalhando para responder ao time em qualquer momento

Sem Felipe Nasr, que tem um conflito de datas com o SportsCar, Maximilian Günther vai voltar ao cockpit da Dragon para o eP de Roma. O piloto alemão, que guiou nas primeiras três etapas do campeonato, garante que é apenas nessa corrida que ele está pensando. Nada mais. 
 
A Dragon conta com apenas dois pontos na temporada, marcados por José María López no Chile, enquanto Guenther e Nasr seguem zerados e com muitos problemas de confiabilidade. Mas Günther chegou a andar nos pontos durante algum tempo em Santiago, mas abandonou com problemas no câmbio. Nasr é tido como o titular da equipe para o resto do ano, mas os tempos na Dragon são de dúvidas.
 
"Nao estou pensando além de Roma no momento. Quero apenas mostrar que posso fazer um bom trabalho como fiz em Santiago. Trabalhei muito na preparação com o time durante as últimas semanas e ainda vou para o simulador na semana que vem. Por enquanto estou focado apenas em Roma, não depois disso", afirmou ao site inglês 'E-Racing365'.
Max Günther e Felipe Massa (Foto: LAT)

Mesmo trocado pela equipe após o eP de Santiago, Günther seguiu como piloto reserva e esteve no paddock pelas equipes de Hong Kong e Sanya. 

 
"É sempre interessante estar nas corridas como parte da equipe e ver as coisas acontecendo. É um objetivo diferente, mas claro que eu prefiro estar no cockpit. Eu sempre vou querer correr, eu preciso correr", falou.
 
Nasr, por sua vez, mal conseguiu andar com o carro até agora. Sem participar de testes, tem apenas os treinos livres e uma corrida de real experiência até agora. Em Hong Kong e Sanya teve problemas e acabou abandonando logo na primeira volta.
 
O eP de Roma está marcado para 13 de abril.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube