Abreu fala em final de semana “melhor do que a encomenda” em Goiânia

Átila Abreu saiu do Autódromo de Goiânia com um grande sorriso no rosto. Na Porsche Endurance Series, ao lado de Leonardo Sanchez, o piloto alcançou a segunda vitória de 2019, algo bastante comemorado pelo piloto da Stock Car

Átila Abreu encerrou da melhor maneira o final de semana da Porsche Endurance Series em Goiânia. Na tarde quente deste sábado (26), junto com Leonardo Sanchez, garantiu a vitória na segunda etapa da temporada na classe 3.8.
 
O piloto da Stock Car tem feito seu campeonato de estreia na categoria. Em Portugal, primeira corrida do ano, já conseguiu a vitória com Leo, competidor que é coach – fornece ‘mentoria’ para ajuda-lo dentro da pista.
 
E a dupla se mostrou certeira entre os dois, que garantir o segundo triunfo na segunda disputa de 2019. “[O final de semana foi] Muito bom, melhor do que a encomenda. Foi um final de semana muito legal, não só pela vitória. Ganhamos Portugal sem imaginar, fui para lá buscando nosso primeiro pódio e conseguimos uma vitória”, disse ao GRANDE PRÊMIO.
 
“Aqui, o Leo mostrou uma grande evolução, andou muito bem nos treinos, se dedicou bastante, e na classificação ele surpreendeu. Ficou até mais fácil, conseguimos largar em segundo. Coloquei o Leo para largar, perguntei se aguentava o ritmo, ele disse sim”, continuou.
Leonardo Sanchez é o parceiro de Átila Abreu na classe 3.8 da Porsche Endurance Series (Foto: Shell Racing/Divulgação)

“Sabemos que quando o piloto não está tão acostumado com o carro ele acaba cansando mais às vezes, é o desgaste natural. Mas largou bem, conseguiu fugir das confusões, alguns adversários tiveram mais problemas, tentamos uma estratégia, o Cesinha [Ramos] com o [Zeca] Feffer acabaram tendo problemas no pit-stop, e ali comecei a administrar, mas sempre monitorando o que os adversários estavam fazendo”, emendou.
 

“No fim, o Freire, quando voltei do último pit, estava um pouco mais perto do que os meus cálculos, mas acabou tendo problema com combustível. Então estou muito feliz com a vitória, mas mais feliz ainda com a evolução e desempenho do Leo”, completou.
 
Na estratégia da equipe, Átila foi quem encerrou a corrida. Mais cansativo por ter que levar o carro para a vitória? Que nada. “Na verdade, hoje foi uma corrida que consegui administrar mais do que Portugal. Estava quente, tudo, mas como não precisei andar no limite o tempo todo como se fosse classificação, consegui me poupar mais”, destacou.
 
“Mas é muito desgastante, sabemos também que as outras duplas também sofrem bastante, começou agora no final dar cara de que ia chover. Goiânia é sempre abafado, mas quem corre de Stock Car está acostumado com o calor”, encerrou.

Na classificação geral, quem venceu a disputa foi Lucas Di Grassi e Ricardo Baptista. O piloto da Fórmula E falou depois da corrida que além do bom desempenho, a dupla soube acertar na estratégia.

 

Paddockast #39
O MELHOR SEM TÍTULO DA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar