WGP: O que a situação de Naomi Osaka revela também sobre o esporte a motor?

Depois de Naomi Osaka revelar mundo problemas com depressão e ansiedade, muito se foi debatido sobre o tema em outras modalidades, como é o caso do esporte a motor, que também já conheceu situações como essa. Tudo isso virou pauta no WGP desta quinta-feira (10)

A tenista japonesa Naomi Osaka tomou as manchetes esportivas na início deste mês ao anunciar a desistência do torneio de Roland Garros. O motivo: problemas com depressão e ansiedade, com os quais lida desde 2018. A decisão foi tomada após receber uma multa de US$ 15 mil (cerca de R$ 78 mil) por não comparecer a coletiva de imprensa obrigatória após a vitória contra a romena Patricia Maria Tig, na primeira rodada do torneio.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Após a atleta se posicionar nas redes sociais, nomes como Lewis Hamilton, LeBron James e Serena Williams demonstraram apoio à Osaka, tornando o assunto como foco na mídia – muitas vezes criticada sobre a forma como aborda o tema.

Por isso, o WGP, que acontece toda quinta-feira, debateu sobre a situação da tenista, a questão da mídia e patrocinadores e exemplos no esporte a motor, como é o caso de Johan Zarco após desistir de permanecer na KTM em 2019, mesmo ano em que Pierre Gasly foi rebaixado para a Toro Rosso no meio da temporada, como exemplo. Evelyn Guimarães apresentou, contando com comentários de Juliana Tesser e Ana Paula Cerveira, além da produção de Rodrigo Berton.

Confira o WGP:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar