Andretti fecha acordo plurianual e assina com Grosjean para temporada 2022 da Indy

Romain Grosjean vai mesmo para a Andretti em 2022. Um dos grandes destaques da Indy 2021, o francês deixa a Dale Coyne em um acordo plurianual com uma das principais equipes do grid d categoria americana

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Romain Grosjean é da Andretti na Indy 2022. O esperado anúncio aconteceu nesta sexta-feira (24), com a revelação de que o francês assinou um acordo plurianual com o time de Michael Andretti, assumindo o carro #28, que pertenceu por muitos anos a Ryan Hunter-Reay.

Algumas semanas atrás, Hunter-Reay havia se antecipado e declarado que não ficaria no time por mais uma temporada. A confirmação de Grosjean vem também com a renovação com a DHL, patrocinadora principal do carro. Assim, podemos esperar Romain no carro amarelo e vermelho a partir de 2022.

“Estou muito feliz por ir para a Andretti e guiar o carro #28 ano que vem. É uma honra enorme estar em uma equipe do calibre da Andretti, um nome tão conhecido no esporte a motor mundo afora. Muito feliz e orgulhoso por guiar pelo time. Espero que tenhamos muito sucesso juntos, é a meta de todos. Também gostaria de agradecer a Dale Coyne por ter me dado a oportunidade de vir para a Indy. Curti muito a chance e me ajudou a chegar a um dos melhores times do mundo”, disse o piloto.

ROMAIN GROSJEAN; INDY; INDY 2021; LAGUNA SECA;
Romain Grosjean vai correr pela Andretti em 2022 (Foto: IndyCar)

“Estamos muito animados por receber Romain à família Andretti. Ele já tinha feitos importantes antes de vir para a Indy, mas ver a temporada de novato dele foi algo muito incrível, para dizer o mínimo. O vasto conhecimento de esporte a motor dele vai nos ajudar em uma escalaçã forte que teremos para 2022”, comentou Michael Andretti.

A Andretti busca voltar a ser campeã da Indy, algo que não acontece desde 2012, quando o próprio Hunter-Reay levantou a taça. De lá para cá, o time venceu três Indy 500, com Hunter-Reay, Rossi e Takuma Sato, além de ter brigado por títulos, pelo menos, com Rossi.

A última das quatro vagas do time para 2022, que já tem Colton Herta, Alexander Rossi e Grosjean, segundo a revista norte-americana Racer, deve mesmo ficar com Devlin DeFrancesco, atual sexto colocado na Indy Lights pela Andretti e mantendo a relação com a Honda Canadá.

Grosjean faz um primeiro ano de Indy absolutamente brilhante. Mesmo com três corridas a menos, o francês ainda pode vencer o troféu de novato do ano e soma três pódios e uma pole até aqui, mostrando uma adaptação muito rápida, especialmente nos circuitos mistos.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar