Briscoe tira ‘coelho da cartola’ no fim, supera Castroneves e lidera TL3 em St. Pete. Kanaan fica em oitavo

Em seu retorno como titular da Ganassi, australiano conseguiu superar Castroneves em apenas 0s049 após cravar 1min02s423, melhor volta do fim de semana. Brasileiro ficou em segundo, com Takuma Sato fechando top-3. Tony Kanaan terminou no top-10

 

Ryan Briscoe reabriu seu ciclo na Ganassi em grande estilo – ao menos nos treinos livres: o australiano conseguiu uma volta voadora em 1min02s423 já no fim do TL3, neste sábado (29), e encerrou a preparação para o qualifying na liderança em São Petersburgo.

 
Dono da melhor marca do fim de semana até aqui, Briscoe superou em apenas 0s049 a marca de Helio Castroneves. O brasileiro dominou praticamente todas as ações nesta manhã em St. Pete e se manteve constantemente na liderança, mas acabou superado por seu adversário da Ganassi quando já havia encerrado sua participação no treino.
 
Outro que anda inspirado na Flórida, Takuma Sato, completou o top-3, à frente de Sébastien Bourdais, Will Power e Simon Pagenaud – estes, os seis primeiros. Desta vez competitivo, Tony Kanaan encerrou sua participação com o oitavo lugar.
Ryan Briscoe, líder do TL3 em St. Pete (Foto: Getty Images)

Confira como foi o terceiro treino livre da Indy em São Petersburgo:

 
Os 45 minutos finais de preparação para a sessão classificatória começaram a todo vapor: assim que a pista foi liberada, 18 dos 22 pilotos do grid deixaram os boxes.
 
A primeira marca registrada no dia foi de Helio Castroneves, em 1min07s290 – naturalmente, uma volta de instalação, bem acima da realidade estabelecida em St. Pete. 
 
Como era de se esperar, os tempos caíram rapidamente. Em questão de poucos minutos, Juan Pablo Montoya foi a 1min05s039, com Josef Newgarden sendo o primeiro a entrar na casa de 1min04s e, em seguida, Simon Pagenaud abrindo a casa de 1min03s, estabelecendo 1min03s825 e ficando momentaneamente na primeira posição.
 
O próprio Pagenaud evoluiu para 1min03s507, mas Castroneves baixou o tempo do francês em 0s1, reassumiu a liderança e foi para os boxes. Foi, então, a vez de Sébastien Bourdais superá-lo e colocar a KV no topo da tabela de tempos.
 
Com pouco mais de 15 minutos de sessão, a maior parte dos pilotos resolveu retornar aos boxes. ‘Séb’ liderava, seguido por Helinho, Pagenaud, Montoya e Mikhail Aleshin. A Andretti, então, resolveu entrar na briga e colocou Ryan Hunter-Reay em segundo e James Hinchcliffe, vencedor da prova em 2013, na quinta colocação.
Helio Castroneves terminou o TL3 em segundo lugar (Foto: Getty Images)

Mais à frente, ainda havia mais tempo por vir. Ryan Briscoe elevou o limite a 1min03s133. Foi então que Takuma Sato, líder da sexta-feira (28), apareceu: sem cerimônias, abriu a casa de 1min02s e depois melhorou o próprio tempo, indo a 1min02s924.

 
Helinho, contudo, não queria largar o osso. Inspirado, foi a 1min02s757 e mais uma vez, se estabeleceu como líder. Não satisfeito, foi o primeiro a superar a marca de Sato na sexta e virou em 1min02s473, melhor giro de todo o fim de semana até então.
 
Mas quem tinha o ‘coelho na cartola’ era Briscoe: o australiano conseguiu tirar do ventre uma volta em 1min02s423 e terminou o último treino livre no topo da tabela de tempos.
 
0s049 atrás, Castroneves ficou em segundo, com Sato em terceiro. Bourdais e Power vieram logo atrás, enquanto Pagenaud, sexto, e Hinchcliffe, sétimo, desbancaram Tony Kanaan do top-6 com o cronômetro já zero. O brasileiro fechou em oitavo.
 
Parceiro de ‘TK’, Dixon fechou em nono, com o estreante Jack Hawksworth em décimo.
 
A sessão classificatória ocorre às 15h (de Brasília).
 
Indy 2014, GP de São Petersburgo, treino livre 3:
1 8 RYAN BRISCOE AUS GANASSI CHEVROLET 1:02.423   18
2 3 HELIO CASTRONEVES BRA PENSKE CHEVROLET 1:02.473 +0.050 23
3 14 TAKUMA SATO JAP FOYT HONDA 1:02.524 +0.101 20
4 11 SÉBASTIEN BOURDAIS FRA KV CHEVROLET 1:02.544 +0.121 23
5 12 WILL POWER AUS PENSKE CHEVROLET 1:02.599 +0.176 20
6 77 SIMON PAGENAUD FRA SCHMIDT PETERSON HONDA 1:02.663 +0.240 22
7 27 JAMES HINCHCLIFFE CAN ANDRETTI HONDA 1:02.735 +0.312 22
8 10 TONY KANAAN BRA GANASSI CHEVROLET 1:02.745 +0.322 19
9 9 SCOTT DIXON NZL GANASSI CHEVROLET 1:02.791 +0.368 17
10 98 JACK HAWKSWORTH ING BRYAN HERTA HONDA 1:02.795 +0.372 19
11 28 RYAN HUNTER-REAY EUA ANDRETTI HONDA 1:02.797 +0.374 20
12 7 MIKHAIL ALESHIN RUS SCHMIDT HONDA 1:02.840 +0.417 24
13 19 JUSTIN WILSON ING DALE COYNE HONDA 1:02.923 +0.500 18
14 15 GRAHAM RAHAL EUA RLL HONDA 1:02.926 +0.503 23
15 2 JUAN PABLO MONTOYA COL PENSKE CHEVROLET 1:03.000 +0.577 19
16 34 CARLOS MUÑOZ COL ANDRETTI HONDA 1:03.053 +0.630 25
17 67 JOSEF NEWGARDEN EUA FISHER HARTMAN HONDA 1:03.127 +0.704 17
18 83 CHARLIE KIMBALL EUA GANASSI CHEVROLET 1:03.149 +0.726 22
19 20 MIKE CONWAY ING CARPENTER CHEVROLET 1:03.233 +0.810 24
20 25 MARCO ANDRETTI EUA ANDRETTI HONDA 1:03.306 +0.883 15
21 17 SEBASTIÁN SAAVEDRA COL KV CHEVROLET 1:03.373 +0.950 23
22 18 CARLOS HUERTAS COL DALE COYNE HONDA 1:03.735 +1.312 19
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube