Em parceria com nova Citrone/Buhl, RLL anuncia Pigot para dobradinha em Indianápolis

Spencer Pigot está de volta ao grid de Indy. Após perder a vaga de titular de maneira surpreendente na Carpenter, o piloto fará parte de um acordo entre a RLL e a novata CBA para o GP de Indianápolis e a Indy 500

Após perder a vaga de titular na Indy para a temporada 2020, Spencer Pigot conseguiu um espaço para guiar por duas etapas nos próximos meses: o GP de Indianápolis e a Indy 500. O anúncio foi feito pela Rahal Letterman Lanigan no começo da tarde desta quinta-feira (27).
 
Com Takuma Sato e Graham Rahal titulares, a RLL colocará um carro extra na pista nas mãos de Pigot. O terceiro carro será operado pela RLL, mas sob a bandeira da CBA (Citrone/Buhl Autosport).
 
"Estou muito animado de entrar para a RLL com a Citrone/Bruhl para o GP de Indianápolis e as 500 Milhas. Foi com a RLL que eu fiz minha primeira corrida na Indy e minha primeira Indy 500, em 2016, então será legal voltar e ver alguns rostos familiares. Todo agradecimento ao pessoal da RLL e da Citrone/Buhl não seria o bastante por terem fechado esse acordo e por me darem a oportunidade de competir de novo em maio", afirmou o piloto. 
Spencer Pigot (Foto: Indycar)
Bobby Rahal, um dos donos da RLL, destacou que Pigot teve um bom maio em 2019: de fato, foi quinto colocado no GP de Indy e chegou a liderar a Indy 500 antes de ter problemas e fechar em 14º.
 
"Estou animado de ter Spencer de volta conosco ainda em maio. Não há dúvidas de que ele pode contribuir no desempenho do time levando em conta o maio que ele teve no ano passado e, na realidade, por toda a temporada. Spencer é um jogador de equipe e tem um futuro brilhante. Estamos ansiosos para trabalhar com a CBA", comentou.
 
"Queremos ganhar e esse formato nos permite a aprender de maneira acelerada. Ver mais da operação RLL e a parte de engenharia e o comercial, tudo isso nos faz sentir bem quanto à parceria. Sobre pilotos, claro que lembramos de tudo que um eles fazem. Com Spencer, lembramos dos títulos de Pro Mazda e Indy Lights, o que mostra que ele sabe ganhar. E já mostrou ser rápido na Indy", afirmou Robbie Buhl, ex-piloto e um dos donos da CBA.
 
Pigot foi o principal piloto da Carpenter nas últimas duas temporadas e terminou ambas com a 14ª colocação. Acabou sendo vítima das circunstâncias e da falta de dinheiro para 2020.
 
O GP de Indianápolis está marcado para 9 de maio, enquanto a Indy 500 acontece no dia 24 do mesmo mês.
 

Paddockast #49
RAÍ CALDATO: O ARTISTA PREFERIDO DE LEWIS HAMILTON

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube