Indy

Com nova equipe e apoio da Schmidt Peterson, Servià se garante em seis etapas da temporada 2020

Participando da Indy 500 pela décima vez consecutiva, Oriol Servià está garantido em seis corridas da temporada 2020 da Indy. O catalão de 44 anos foi o escolhido da novata Stange para representar o time na ampliação de seu programa na categoria

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
O veterano Oriol Servià disputará seis corridas da temporada 2020 da Indy. Após um bom desempenho na classificação das 500 Milhas de Indianápolis, onde largará na 19ª colocação, o espanhol participará do programa da equipe Stange, que, com parceria junto da Schmidt Peterson, ampliou seu programa para o próximo ano.
 
A parceria da Stange com a Schmidt Peterson é nos moldes originais da Meyer Shank, que colocou Jack Harvey em seis corridas na temporada 2018 e pretente fechar 2019 com dez provas. O acerto da Stange com a SPM pode indicar que a Meyer Shank se tornará uma equipe independente em 2020, correndo o ano inteiro, como já vem planejando desde a temporada passada.
 
"O que aconteceu comigo, acho que nunca aconteceu em minha carreira. Em dezembro, estava tudo apalavrado, mas algumas coisas adiaram o acordo. Conheço o John Stange desde 2004, quando era patrocinador da Dale Coyne. Sempre esteve nas corridas, é um apaixonado, algo familiar, já que seu pai também era. Ele sabe o que é isso, conhece a IndyCar e quer promover a sua marca”, contou Servià, que fará o maior número de corridas em uma temporada da Indy desde 2013.
Oriol Servià competirá seis vezes em 2020 (Foto: Indycar)
Com 44 anos de idade, o espanhol participará da Indy 500 pela décima vez consecutiva. Sua melhor ppsição de chegada foi em 2012, quando ficou no quarto lugar, mas chegou a liderar algumas das voltas finais com a Scuderia Corsa em 2018. A McLaren, aliás, tentou comprar a vaga de Servià e da Stange no grid da tradicional prova após Fernando Alonso ser eliminado no Bump Day.
 
"É incrível como eles funcionam, não têm nada a invejar a uma equipe grande. Conheço meus engenheiros e tenho um bom relacionamento com eles. Agora, não é o momento de pensar nisso, é foco no domingo. Repetir um quarto lugar não funciona pra mim", completou.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.