De Silvestro exalta oportunidade de tentar Indy 500 associada à Penske: “Um sonho”

A suíça exaltou a oportunidade de retornar ao grid da tradicional corrida após seis anos afastada, destacando o quanto confia no projeto da Paretta Autosport

Simona de Silvestro está na lista de inscritos para as 500 Milhas de Indianápolis de 2021. A suíça exaltou a oportunidade recebida, especialmente por conta da Paretta Autosport ter apoio da Penske para a tradicional corrida.

No início desse ano, o programa Racing for Equality & Change (corrida pela igualdade e mudança, em tradução livre) da Indy anunciou a chegada do time totalmente feminina. A chefe vai ser Beth Paretta, com a suíça confirmada para a Indy 500 e tendo parceria com a Penske.

A edição de 2021 marca a sexta participação de De Silvestro na Indy 500. Seu melhor resultado foi na estreia, em 2010, quando terminou em 14º. A última vez que correu foi em 2015, usando as cores da Andretti.

De Silvestro mostrou animação em correr Indy 500 com Penske (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ao falar da oportunidade de correr neste ano, afirmou em entrevista a publicação The Race que “não faria isso se não achasse que não fosse certo. Ter a Penske por trás é enorme. Para qualquer piloto ir para a pista afiliado com a Penske é um sonho que se torna realidade.”

“Para mim, sei que todos envolvidos no projeto no momento realmente acreditam em mim e acreditam que podemos ter sucesso. Acho que é por isso também que é tão poderoso e credito que estamos recebendo tanta atenção, pois está sendo feito em frente dos meus olhos. Acho que as peças do quebra-cabeça estão aqui para o sucesso”, continuou.

“Terei companheiros realmente bons que já venceram campeonatos e a Indy 500. A equipe que estou já venceu a corrida 18 vezes, esses são os ingredientes que tornam tudo positivo. Mas acho que a principal coisa é ter Beth, Roger [Penske], Bud Denker, todos que acreditam nisso”, emendou.

“Sinto que é algo que tem faltado em minha carreira por muito tempo. Sim, tive as oportunidades, mas neste momento, sinto que pode ser algo muito bom, pois todos acreditam nisso”, concluiu a competidora de 32 anos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube