Indy

Dixon mostra força da Ganassi e lidera TL1 do GP de Mid-Ohio. Newgarden é 4º

O primeiro treino livre do GP de Mid-Ohio viu mais uma boa demonstração de ritmo da Ganassi, que foi para a ponta com Scott Dixon. Spencer Pigot fez um segundo lugar, enquanto Josef Newgarden apareceu em quarto. Alexander Rossi foi apenas 13º

Grande Prêmio / GABRIEL CURTY, de São Paulo
Scott Dixon teve um ótimo início de final de semana de Indy em Mid-Ohio. Nesta sexta-feira (26), o neozelandês apareceu na frente com 1min06s097, batendo Spencer Pigot e fazendo o que precisa para tentar voltar a brigar pelo título: liderar sessões. 

O americano da Carpenter ficou em segundo apenas 0s148 mais lento que o neozelandês da Ganassi e foi seguido bem de perto por Simon Pagenaud, a melhor Penske da sessão.

Josef Newgarden não foi brilhante, mas teve um TL1 bem aceitável para quem lidera o campeonato com alguma margem. O americano foi quarto, 0s209 distante de Dixon. Seu maior rival, Alexander Rossi, foi apenas o 13º.

James Hinchcliffe ficou em quinto, seguido por Ryan Hunter-Reay, Will Power, Felix Rosenqvist, Sébastien Bourdais e Max Chilton, que completaram o grupo dos dez mais velozes do primeiro treino. Matheus Leist fechou em 19º e Tony Kanaan foi o 23º.
Scott Dixon liderou o TL1 em Lexington (Foto: Indycar)
Saiba como foi o TL1 em Mid-Ohio
 
O primeiro treino livre da Indy em Mid-Ohio começou pontualmente às 12h20 (em Brasília), com a pista logo recebendo vários carros, mas quase nenhuma volta rápida, já que rolaram muitas voltas de instalação.
 
Max Chilton foi o primeiro que registrou tempos, mas foi mera formalidade, primeiro acima dos 3min e depois acima dos 2min. Aí veio um trio andando um pouco mais rápido, com os suecos Felix Rosenqvist e Marcus Ericsson e RC Enerson por ali. Felix virava 1min06s991, 1s1 na frente de RC e 2s5 melhor que Marcus, voltas ainda bem estranhas.
 
O pelotão foi ficando mais ampliado com o passar do tempo, conforme a sessão ia chegando próxima da metade. Enerson reduziu para 0s6 a vantagem de Rosenqvist e foi seguido por Colton Herta, Chilton e Will Power.
 
A liderança trocou de mãos com 20 minutos para o fim, com Penske e Andretti indo ao topo, mas não com Josef Newgarden e Alexander Rossi. Simon Pagenaud virou 1min06s267, enquanto Ryan Hunter-Reay veio 0s2 acima.
 
Os minutos finais seriam realmente especiais, afinal, foi quando todo mundo resolveu que era hora de atacar. Spencer Pigot chegou a ficar um tempinho na liderança, mas seu 1min06s2 foi derrotado por Scott Dixon, que cravou 1min06s097. Newgarden surgia e se metia em quarto, atrás de Pagenaud e na frente de James Hinchcliffe.

Mas foi realmente essa sequência de voltas rápidas a última do TL1. Depois, mudanças apenas no pelotão intermediário e na contagem da quilometragem dos pilotos, mas Dixon, Pigot, Pagenaud e Newgarden na frente.

Indy 2019, GP de Mid-Ohio, TL1:

1 S DIXON Ganassi Honda 1:06.097   13
2 S PIGOT Carpenter Chevrolet 1:06.246 +0.149 14
3 S PAGENAUD Penske Chevrolet 1:06.267 +0.170 16
4 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 1:06.306 +0.209 15
5 J HINCHCLIFFE SPM Honda 1:06.361 +0.264 14
6 R HUNTER-REAY Andretti Honda 1:06.449 +0.352 14
7 W POWER Penske Chevrolet 1:06.584 +0.487 18
8 F ROSENQVIST Ganassi Honda 1:06.605 +0.508 24
9 S BOURDAIS Dale Coyne Honda 1:06.740 +0.643 13
10 M CHILTON Carlin Chevrolet 1:06.936 +0.839 16
11 J HARVEY Meyer Shank Honda 1:07.036 +0.939 13
12 C HERTA Harding Honda 1:07.050 +0.953 18
13 A ROSSI Andretti Honda 1:07.104 +1.007 15
14 T SATO RLL Honda 1:07.147 +1.050 14
15 M ANDRETTI Andretti Honda 1:07.260 +1.163 15
16 E JONES Carpenter Chevrolet 1:07.297 +1.200 14
17 G RAHAL RLL Honda 1:07.328 +1.231 13
18 M ERICSSON SPM Honda 1:07.331 +1.234 21
19 M LEIST Foyt Chevrolet 1:07.368 +1.271 16
20 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 1:07.420 +1.323 17
21 R ENERSON Carlin Chevrolet 1:07.658 +1.561 24
22 Z VEACH Andretti Honda 1:07.843 +1.746 15
23 T KANAAN Foyt Chevrolet 1:07.943 +1.846 13
 

 
Paddockast #25
Bênçãos e Maldições da Fórmula E


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.