Castroneves se conforma com 8º lugar no grid: “Não tínhamos velocidade para pole”

Helio Castroneves reconheceu que a velocidade da Meyer Shank no sábado não era suficiente para conquistar a pole-position em Indianápolis. Brasileiro vai largar do 8º lugar no dia 30

Álex Palou foi a primeira vítima na classificação em Indianápolis (Vídeo; Reprodução)

Helio Castroneves participou do Fast Nine da Indy 500, realizado neste domingo (23), e ficou com a oitava posição. É a primeira vez que o brasileiro disputa a tradicional prova com a Meyer Shank, e apesar de longe da pole-position anotada por Scott Dixon, o veterano mantém a confiança para buscar o quarto anel em Indianápolis.

Castroneves crê que o objetivo era alcançar a fase final da classificação, e que não teria velocidade suficiente para brigar por mais. Companheiro do brasileiro na Meyer Shank, Jack Harvey vai largar apenas do 20º lugar.

Helio Castroneves brilhou no sábado (Foto: Indycar)

“Nosso objetivo era ficar entre os nove primeiros, e aconteceu. Não tínhamos velocidade para pole-position. O carro agora no final foi muito bom, nós fizemos duas long runs e o carro se comportou muito bem. Fizemos dois pit-stops, precisamos melhorar um pouquinho, mas o carro me deu uma esperança muito grande”, declarou o piloto, que também participou do treino livre após a classificação.

Vencedor em 2001, 2002 e 2009, Castroneves retorna na sexta-feira (28), quando os 33 pilotos que vão alinhar para a corrida participam do ‘Carb Day’, o último treino livre antes da largada, que está marcada para o próximo domingo (30).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar