Herta bate Power e crava pole do GP de Portland. Newgarden cai cedo e é 13º

Colton Herta garantiu a segunda pole da carreira com cronômetro zerado no GP de Portland. O americano bateu Will Power em um dia em que Alexander Rossi e, principalmente, Josef Newgarden e Simon Pagenaud decepcionaram

Colton Herta apareceu com o cronômetro zerado para mostrar que realmente vem muito forte no GP de Portland da Indy. Neste sábado (31), o novato beliscou a segunda pole da carreira com 57s811, derrotando por apenas 0s02 a Penske de Will Power.

Scott Dixon não teve um dia de tanto brilho, mas conquistou uma importante terceira colocação no grid. O neozelandês virou também apenas 0s02 atrás do pole, se colocando na frente de um novamente inspirado Jack Harvey. Felix Rosenqvist e Ryan Hunter-Reay formam a terceira fila.

E Dixon foi, com folga, o melhor dos postulantes ao título, já que ninguém aproveitou a chance que teve. Alexander Rossi ficou em sétimo, enquanto Simon Pagenaud vai largar em 18º. Josef Newgarden, que vinha sendo tão regular, parte apenas de 13º, mas isso virou algo pouco problemático com a falta de eficiência dos rivais na classificação.

O resto do top-10 do grid de largada tem James Hinchcliffe, um excelente substituto Conor Daly e Spencer Pigot. Tony Kanaan larga em 19º, enquanto Matheus Leist sai de 21º. A corrida está prevista para começar 16h30 (em Brasília) deste domingo.

Colton Herta fez mais uma pole (Foto: Indycar)
Saiba como foi a definição do grid em Portland
 

A disputa da classificação do GP de Portland começou às 19h05 (em Brasília), no sistema tradicional de dois grupos iniciais na primeira fase. O grupo 1 tinha Josef Newgarden, Matheus Leist, James Hinchcliffe, Conor Daly, Scott Dixon, Tony Kanaan, Graham Rahal, Sébastien Bourdais, Zach Veach, Ryan Hunter-Reay e Takuma Sato.

 
Newgarden começou firme, girando em 58s4 já no início, mas logo deixou a ponta com Bourdais registrando uma volta em 58s0. O primeiro a conseguir romper a barreira dos 58s foi Dixon, que cravou 57s949. 
 
Sato, Hunter-Reay, Daly e Hinch entraram também no grupo dos 57s e as voltas iam melhorando bastante com os pneus macios nos instantes finais. Dixon, Hunter-Reay, Bourdais e Hinch se garantiram tranquilos. Restavam duas vagas.
 
Uma parecia clara para Newgarden, mas o americano não encaixou a volta, errou e se colocou na bolha, atrás de Daly. Sato não melhorou, nem Rahal, mas Veach, sim, Veach, tirou Newgarden da segunda fase. Zach e Daly avançaram. O líder larga em 13º, eliminado com Rahal, Sato, Kanaan e Leist.
Josef Newgarden vai largar em 13º (Foto: Indycar)

Pagenaud joga chance no lixo e também cai na primeira fase

O segundo grupo foi para a pista na sequência com Felix Rosenqvist, Will Power, Santino Ferrucci, Ed Jones, Spencer Pigot, Simon Pagenaud, Charlie Kimball, Alexander Rossi, Max Chilton, Jack Harvey, Colton Herta e Marco Andretti.
 
Os tempos foram caindo mais rápido que no primeiro grupo, com dez pilotos conseguindo andar abaixo dos 58s já na primeira volta dos pneus macios. Herta e Power saltaram na frente e se garantiram com 57s4, com Rossi bem próximo deles e também dentro.
 
Rosenqvist entrou junto, enquanto Harvey e Pigot se colocaram na segunda fase da classificação no último esforço e, assim como Daly e Veach, de forma surpreendente. Ferrucci, Andretti, Chilton, Kimball e Jones ficaram de fora, mas tiveram junto Pagenaud, que tinha tudo para se aproveitar da falha de Newgarden, mas vai partir de 18º.
Simon Pagenaud também ficou na primeira fase (Foto: Reprodução)
Rossi fica pelo caminho, Dixon passa no limite
 
A segunda fase da classificação em Portland teve início quando os relógios marcavam 19h40, com duas Ganassi, três Andretti, duas SPM, a Carpenter de Pigot, a Harding de Herta, a Dale Coyne de Bourdais, a Meyer Shank de Harvey e, incrivelmente, só Power da Penske.
 
Os tempos começaram fortes, mesmo com alguns problemas de voltas invalidadas por corte de curva – na 1 – e, claro, os pneus ainda duros na primeira metade. Herta já virava 57s8, enquanto Power e Rossi vinham atrás.
 
Chegou o momento dos pneus macios e Power voou, girando em 57s416, botando quase 0s3 de margem para cima de Herta. Hunter-Reay e as Ganassi também avançaram, com Dixon passando bem no limite. Mas que tal Harvey, com mais um Fast Six? Quarto para ele. 
 
Rossi foi mais um a perder boa chance e parte de sétimo, seguido por Hinch, Daly, Pigot, Veach e Bourdais, que larga na frente de Newgarden.
Alexander Rossi larga em sétimo (Foto: IndyCar)
Herta bate Power e Dixon e é pole
 
O Fast Six teve uma construção um pouco diferente do padrão. Enquanto cinco pilotos guardavam tudo para o final, Harvey saiu forçando de cara e recolheu para os boxes com mais de 1min pela frente, já sem equipamento para ir além de 58s101. 
 
Os demais foram lá tentar melhorar e Rosenqvist e Hunter-Reay não conseguiram bater Harvey, mas os outros três superaram e aí ficaram ali brigando pela pole no detalhe.
 
Herta e Dixon iam para frente, com Power batendo os dois no detalhe em sua última volta. Mas ali, com o cronômetro zerado, ainda deu tempo para Herta achar sua grande volta e, por 0s02, bater tanto Power quanto Dixon.

Indy 2019, GP de Portland, Grid de largada:

1 C HERTA Harding Honda 57.811   18
2 W POWER Penske Chevrolet 57.830 +0.019 25
3 S DIXON Ganassi Honda 57.836 +0.025 21
4 J HARVEY Meyer Shank Honda 58.101 +0.290 21
5 F ROSENQVIST Ganassi Honda 58.162 +0.351 23
6 R HUNTER-REAY Andretti Honda 58.182 +0.371 21
7 A ROSSI Andretti Honda 57.886 +0.075 20
8 J HINCHCLIFFE SPM Honda 57.999 +0.188 26
9 C DALY SPM Honda 58.019 +0.208 28
10 S PIGOT Carpenter Chevrolet 58.042 +0.231 21
11 Z VEACH Andretti Honda 58.215 +0.404 18
12 S BOURDAIS Dale Coyne Honda 58.300 +0.489 27
13 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 57.959 +0.148 18
14 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 57.848 +0.037 25
15 G RAHAL RLL Honda 57.965 +0.154 24
16 M ANDRETTI Andretti Honda 57.853 +0.042 24
17 T SATO RLL Honda 57.967 +0.156 23
18 S PAGENAUD Penske Chevrolet 57.948 +0.137 20
19 T KANAAN Foyt Chevrolet 58.103 +0.292 25
20 M CHILTON Carlin Chevrolet 57.987 +0.176 20
21 M LEIST Foyt Chevrolet 58.156 +0.345 21
22 C KIMBALL Carlin Chevrolet 58.058 +0.247 22
23 E JONES Carpenter Chevrolet 58.217 +0.406 21
 

Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar