Indy

Herta crava ótima volta e lidera nova trinca da Honda no segundo treino livre do GP do Texas

Colton Herta apareceu muito bem e sobrou para comandar mais uma trinca da Honda no segundo treino livre do GP do Texas. Will Power, em quarto, foi o melhor piloto da Chevrolet

Grande Prêmio / GABRIEL CURTY, de São Paulo
Colton Herta apareceu com bastante força na abertura das atividades desta sexta-feira (7) da Indy no Texas. O americano sobrou e comandou uma nova trinca da Honda no segundo treino livre, cravando ótima marca em 23s304.

Takuma Sato apareceu com a segunda posição, repetindo a ótima performance que já tinha tido no TL1. O japonês foi 0s156 mais lento que Herta e menos de 0s03 mais rápido que Alexander Rossi, o terceiro.

O melhor carro da Chevrolet na sessão foi Will Power, que na quinta-feira só havia sido mais lento que Charlie Kimball. Em quarto, o australiano foi 0s216 pior que Herta. Marcus Ericsson, bem mais uma vez, apareceu em quinto.

Scott Dixon, mais rápido do TL1, ficou com a sexta colocação, com Graham Rahal ali em sétimo. Ryan Hunter-Reay, Josef Newgarden e Sébastien Bourdais fecharam o top-10. Simon Pagenaud voltou a sofrer e foi somente 13º, enquanto Tony Kanaan foi 16º e Matheus Leist ficou em 22º. A próxima atividade é a classificação, ainda hoje a partir das 19h45.
Colton Herta apareceu muito bem no Texas (Foto: IndyCar)
Saiba como foi o TL2 no Texas
 
A movimentação na pista texana na sexta-feira começou às 15h30 (em Brasília), com 30 minutos reservados para o treinamento de pit-stops, mas que boa parte do grid já aproveitava para andar forte e recuperar o tempo perdido com a chuva na noite de quinta-feira.
 
Prova disso é que os tempos eram bastante competitivos já nessa parte da atividade, com Santino Ferrucci, Marcus Ericsson, Alexander Rossi e Simon Pagenaud na casa de 23s6. Apenas Ryan Hunter-Reay era mais veloz, já registrando 23s606.
 
O TL2 em si teria 60 minutos e teve bandeira verde acionada às 16h, com os pilotos carregando as marcas do treinamento de pit-stops. Demorou um pouco até que surgissem os primeiros carros velozes, mas a movimentação na pista era interessante, com disputas já simulando a corrida.
Takuma Sato fechou em segundo (Foto: IndyCar)
Foi Scott Dixon, o homem que liderou o TL1 encurtado pela chuva, quem apareceu na frente virando 23s556, conseguindo deixar Hunter-Reay para trás. Colton Herta também surgiu veloz em terceiro, mas logo virou quarto com Takuma Sato voltando a mostrar a força da RLL.
 
Quando o TL2 chegava na metade, Herta tratava de forçar o ritmo e aí puxava uma série de pilotos para a liderança do pelotão. Colton cravou 23s304, sobrando em relação aos demais. Logo atrás, em sequência de boas voltas, pintavam Sato, Rossi e Ericsson na frente de Dixon.
 
Após alguns minutinhos de marasmo nos tempos e até menos movimentação no traçado, chegaram os 12 minutos finais e, obviamente, o período de forçar mais um pouco o ritmo. Aí veio Will Power se metendo em quarto, Zach Veach em oitavo e Sébastien Bourdais em nono.

Ainda deu tempo de Josef Newgarden mostrar a força da Penske e da Chevrolet ali no top-10, mas nada que ameaçasse o domínio de Herta, da Harding e da Honda, com oito carros entre os dez melhores.

Indy 2019, GP do Texas, TL2:

1 C HERTA Harding Honda 23.304   71
2 T SATO RLL Honda 23.460 +0.156 62
3 A ROSSI Andretti Honda 23.485 +0.181 77
4 W POWER Penske Chevrolet 23.520 +0.216 106
5 M ERICSSON SPM Honda 23.528 +0.224 73
6 S DIXON Ganassi Honda 23.566 +0.262 103
7 G RAHAL RLL Honda 23.571 +0.267 70
8 R HUNTER-REAY Andretti Honda 23.574 +0.270 55
9 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 23.604 +0.300 86
10 S BOURDAIS Dale Coyne Honda 23.617 +0.313 74
11 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 23.620 +0.316 76
12 Z VEACH Andretti Honda 23.649 +0.345 74
13 S PAGENAUD Penske Chevrolet 23.681 +0.377 76
14 C KIMBALL Carlin Chevrolet 23.707 +0.403 74
15 S PIGOT Carpenter Chevrolet 23.717 +0.413 75
16 T KANAAN Foyt Chevrolet 23.718 +0.414 70
17 E CARPENTER Carpenter Chevrolet 23.730 +0.426 67
18 J HINCHCLIFFE SPM Honda 23.746 +0.442 68
19 M ANDRETTI Andretti Honda 23.750 +0.446 65
20 F ROSENQVIST Ganassi Honda 23.828 +0.524 94
21 C DALY Carlin Chevrolet 23.892 +0.588 91
22 M LEIST Foyt Chevrolet 23.902 +0.598 74
 
 
 



 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo 

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.