IMS confirma 500 Milhas de Indianápolis com público e capacidade reduzida a 50%

O Indianapolis Motor Speedway, por meio do seu presidente, Doug Boles, confirmou que a principal corrida do calendário da Indy vai acontecer com a presença dos fãs. Entre as determinações, está o incentivo a que pessoas com mais de 65 anos fiquem em casa em razão da pandemia do novo coronavírus

A 104ª edição das 500 Milhas de Indianápolis, que neste atípico 2020 vai ser realizada em 23 de agosto após o adiamento em razão da pandemia do novo coronavírus, vai contar com acesso ao público. O anúncio foi feito em comunicado nesta sexta-feira (26), pouco menos de três meses depois da principal prova do calendário da Indy.

A corrida estava originalmente marcada para 24 de maio, mas teve sua realização neste ano ameaçada em razão da pandemia. Roger Penske, novo dono da Indy e também do IMS, deixou claro que não considerava as 500 Milhas de Indianápolis sem a presença do público.

As 500 Milhas de Indianápolis estão marcadas para 23 de agosto (Foto: IndyCar)

Doug Boles, presidente do IMS, garantiu a corrida com os fãs, ainda que com a capacidade limitada.

“Estamos comprometidos em realizar a Indy 500 no domingo, 23 de agosto, e vamos dar as boas-vindas aos fãs na maior praça de automobilismo do mundo. Vamos limitar o acesso a aproximadamente 50% da capacidade do local e também estamos finalizando uma série de medidas adicionais de saúde e segurança de maneira cuidadosa. Vamos revelar os detalhes específicos do nosso plano nas próximas semanas”, destacou o dirigente.

Dentre as determinações divulgadas pela organização da corrida está a recomendação para que pessoas com mais de 65 anos fiquem em casa para evitar o risco de contágio pelo novo coronavírus.

Mesmo com a considerada limitação de público, as grandes arquibancadas do IMS reúnem capacidade para abrigar milhares de fãs. No fim de janeiro, Roger Penske chegou a declarar que o Indianápolis Motor Speedway tem um total de 230 mil assentos, sendo que 78% dos ingressos já haviam sido vendidos.

Depois da prova de abertura no oval de Fort Worth, no Texas, a próxima etapa da temporada 2020 da Indy vai ser disputada em Indianápolis, mas no circuito misto, em 4 de julho, Dia da Independência dos EUA.

O estado de Indiana, do qual Indianápolis é a capital, tem um total de 42.633 casos confirmados de Covid-19 e 2.553 mortes, de acordo com os dados desta sexta-feira. Os EUA ainda são o país com mais infectados e vítimas fatais do novo coronavírus. A Universidade Johns Hopkins informou que 2.429.769 testaram positivo para Covid-19, com mais de 124 mil mortos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube