Fora dos ovais em 2021, Johnson se anima e flerta com Indy 500 do ano que vem

Novato na Indy em 2021, Jimmie Johnson preferiu se ausentar dos ovais, mas o clima de maio começa a instigar e Indy 500 2022 é possível

Verstappen assume liderança da F1 após vitória: assista aos melhores momentos do GP de Mônaco (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Jimmie Johnson fez carreira nos ovais da Nascar, onde se transformou em multicampeão e lenda viva. Agora, fora dos stock cars e novato nos monopostos da Indy, preferiu não participar das corridas em circuitos ovais. Mas já está mudando de ideia, ao menos no que diz respeito às 500 Milhas de Indianápolis, para a temporada 2022.

O acordo de Johnson com a Ganassi era apenas para correr nos circuitos mistos e, por isso, Tony Kanaan, assumiu o #48 para os ovais. Mas o clima de maio já começa a pegar de jeito o piloto consagrado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Montoya inova ao escolher leite com chocolate para beber se vencer Indy 500

“Eu sabia que iria numa direção ou em outra: ou eu seria totalmente contra as corridas no oval ou acharia que o próximo passo realista é uma sessão de testes”, afirmou à agência de notícias AP.

“Tenho na minha cabeça que os pilotos da Indy entram nas corridas em oval como nós [da Nascar] entramos numa corrida com placa restritiva: é tudo muito mais calculado por causa dos riscos com as velocidades. Estou entendendo o ambiente e ficando mais confortável. Não sei sobre o Texas, mas para a Indy 500, sim, estou definitivamente me sentindo mais confortável”, disse.

Tony Kanaan larga na quinta colocação (Foto: IndyCar)

Kanaan admite que Johnson está animado até demais com a corrida, a ponto de parecer perto de pedir o carro de volta a cada volta rápida marcada.

“Deixei a barba crescer para Jimmie não se sentir tão velho assim. Sei o quanto ele está sofrendo. Quanto melhor eu vou, mais Jimmie quer entrar no carro, dá para notar. Talvez seja meu último ano andando no #48, provavelmente, se continuar desse jeito”, brincou.

Não é, exatamente, que Johnson quer tomar o carro para si e andar em todos os ovais: o desejo que começa a nascer é de correr mesmo no IMS.

“Chip sabe o que eu penso e, se eu precisasse escolher só um oval, seria a Indy 500, claro. Mas tem muita coisa para acontecer da minha parte para que eu esteja 100% seguro para as 500 Milhas do ano que vem. O mesmo vale para a Ganassi: como estará o time? Nós expandimos. Vamos expandir mais? Veremos como tudo isso funciona ao longo dos próximos meses”, finalizou.

A 105ª edição das 500 Milhas de Indianápolis está marcada para o próximo domingo, 30 de maio.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar