Juncos confirma tendência e anuncia Ilott para temporada completa da Indy em 2022

Callum Ilott virou de vez a chave para os EUA e assinou com a Juncos para a disputa da temporada 2022 da Indy, preenchendo mais um vaga do grid do ano que vem

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O mercado de pilotos da Indy 2022 teve mais um momento de aquecimento nesta sexta-feira (24), com a confirmação da permanência de Callum Ilott para a temporada completa do ano que vem com a Juncos. O inglês, de 22 anos, já fez duas provas e vai correr a final, em Long Beach, no mês que marca o retorno do time argentino ao grid.

Ilott não conquistou sequer um top-20 nas duas primeiras participações na Indy, mas vem chamando a atenção desde antes da estreia pelo relacionamento com a equipe. Callum, que tempos atrás parecia muito próximo da F1, vira de vez a chave para os EUA.

“É muito bom anunciar minha renovação com a Juncos para 2022 às vésperas de fecharmos a série de corridas do fim de 2021. Estamos vindo em uma curva de aprendizado e de crescimento nas últimas corridas, tivemos algumas coisas realmente positivas e sabemos onde precisamos evoluir. Sabendo o que Ricardo Juncos e Brad Hollinger planejam antes da próxima temporada, realmente sinto que podemos começar fortes 2022. Estou ansioso para seguir nosso trabalho e gostaria de agradecer ao programa de jovens da Ferrari por me permitir aceitar essa oportunidade”, disse o piloto britânico.

Callum Ilott é da Juncos na Indy 2022 (Foto: Alfa Romeo)

“Estamos muito felizes em ter Callum em tempo integral na Indy 2022. A maturidade dele, velocidade, o feedback que ele dá para o time, tudo é surpreendentemente bom para alguém de 22 anos. E ainda a condição física dele, ele sai do carro sem parecer cansado. Sabemos que não temos o carro mais rápido, precisamos evoluir, mas Callum tem mostrado muita velocidade. Ele mostrou que é o piloto certo para a vaga, estmos animados. Agradeço ao Callum pelo comprometimento total”, falou Ricardo Juncos, dono do time.

A Indy ficou atraente em um momento de incerteza para Ilott. O britânico é reserva da Alfa Romeo e já fez um bom trabalho na Fórmula 2, perdendo o título por pouco para Mick Schumacher, hoje na Haas. Callum ainda trabalhou para chegar à Fórmula 1 em 2022, mas enfrentou concorrência pesada: Nyck de Vries, Guanyu Zhou e, claro, Antonio Giovinazzi são nomes fortes pela última vaga disponível na Alfa Romeo.

Ilott teve uma escala progressiva nos últimos anos nas categorias de base. Em 2017, foi quarto na F3 Europeia, emendando um terceiro lugar na então GP3 2018 e, por fim, o vice-campeonato da F2 2020. Em 2021, fez corridas no Europeu de GT, no WEC e, claro, as duas provas na Indy. Callum ainda disputa a final, em Long Beach.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar