“Mentalmente exausto”, Power comemora vitória na “corrida difícil” de Portland

Will Power foi o grande vencedor do conturbado GP de Portland. Australiano destacou a prova difícil, que marcou sua segunda vitória no ano e a 37ª na Indy. Piloto da Penske não tem chances de título

Will Power subiu no lugar mais alto do pódio pela segunda vez na Indy em 2019. O australiano da Penske triunfou no GP de Portland, conquistando sua 37ª vitória na categoria.

 
Power largou em segundo, foi superado por Scott Dixon na largada, mas assumiu a liderança da corrida após o neozelandês ter problemas no carro, além de Colton Herta errar na estratégia e ser engolido pela concorrência. Ele destacou a dificuldade da prova.
 
"Foi uma corrida bem difícil. Rosenqvist pressionou bastante no final, conseguimos abrir vantagem. Pensei, 'ah, esse final será de boa', e vieram as amarelas. Mas tivemos uma boa relargada. Estou muito feliz por estar no Victory Lane, ajudando o time, ajudando os outros caras. Incrível. Estou mentalmente exausto", disse o australiano à NBCSN, se referindo ao abandono de Santino Ferrucci, que juntou o pelotão nas voltas finais.
Will Power (Foto: Indycar)
É claro que o abandono de Dixon teve um papel significante na vitória de Power. O australiano citou que o pentacampeão estava bem rápido, mas admitiu que aceita qualquer tipo de vitória por conta dos azares que teve na temporada.
 
"Ele estava bem rápido com vermelhos, e seria interessante com os pretos porque o carro dele anda muito bem com pretos. Ele teria ganhado alguns décimos em cima de mim, mas quem sabe? Já tive muito azar em corridas, aceito o que vier", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube