Newgarden se desculpa com Penske e assume erro em manobra em Detroit: “Não tenho de culpar ninguém”

Josef Newgarden admitiu que não deveria ter assumido tanto risco para ultrapassar James Hinchcliffe e se desculpou com todos da equipe pela batida que custou muitos pontos na corrida 2 de Detroit

Josef Newgarden teve um raro momento de vacilo durante a corrida 2 do GP de Detroit. Ao tentar passar James Hinchcliffe e pressionado por Alexander Rossi em uma disputa que era potencialmente pela liderança, o americano escapou e foi ao muro. Newgarden explicou que diversas variáveis contaram para a perda de tantas posições e voltas na batida, mas chamou para si a responsabilidade se desculpando com todos da Penske e da Chevrolet.
 
Ainda que ache que Hinchcliffe pudesse ter feito algo diferente no duelo, Newgarden puxou toda a culpa, afinal, é ele quem mais tinha a perder ali pensando em campeonato e que tinha saído da pole na corrida.
 
"O Hinchcliffe me espremeu, eu tive de tentar me segurar e ali complicou tudo com o Rossi na nossa cola. Não posso culpar ninguém, foi minha culpa, no fim das contas. Não achei que o Hinchcliffe fosse passar reto, mas, mesmo assim, ainda é minha culpa, eu deveria ter tomado uma decisão melhor ali", disse.
Josef Newgarden perdeu muitos pontos em Detroit (Foto: Indycar)

Josef explicou que perdeu o carro ao escorregar na parte suja da pista, mas focou em lamentar e se desculpar com o resto do time pelos pontos – e até pódio – perdidos.

 
"Não foi a coisa certa a se fazer ali, me sinto mal e isso machuca. Sinto muito pela minha equipe, meu pessoal, a Chevrolet. Tivemos um bom sábado e poderíamos ter levado isso para o domingo. Foi pegar uma sujeira, perder o carro naquela disputa e tudo foi para o ralo, foi um erro. Deveria ter analisado aquilo melhor, deveria ter posto para a esquerda do Hinchcliffe e não para a direita. Erro meu", completou.
 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube