O’Ward volta a colocar McLaren na frente em dia de teste da Indy no oval do Texas

Após já liderar dia de teste em Laguna Seca, agora Pato O'Ward também foi o mais rápido da Indy no oval do Texas na última quarta-feira

Uma volta de Grosjean ao volante da Dale Coyne em Laguna Seca (Vídeo: Reprodução)

Pato O’Ward colocou a McLaren na dianteira do segundo dia de testes particulares da Indy no oval do Texas. O piloto mexicano conseguiu alcançar 357 km/h de média na pista e abriu vantagem interessante. Ao todo, 17 pilotos estiveram no cockpit ao longo da quarta-feira.

Os testes particulares no oval do Texas se estenderam por dois dias, com um grupo bem menor, de apenas sete pilotos, indo à pista na terça-feira. Com isso, os tempos marcados no segundo dia são mais significativos. O’Ward já havia liderado dia de testes da Indy em Laguna Seca, no começo do mês de março.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

PATO O'WARD; MCLAREN; MCLAREN SP; INDY; TEXAS; TESTE;
Pato O’Ward foi o mais rápido da sessão de testes coletivos da Indy no Texas (Foto: IndyCar)

“Tivemos um bom dia e testamos muitas coisas. Para mim e para a equipe, foi ótimo mudar alguns pontos para quando começar a temporada. Mas, cara, estava ventando e estava frio, foi muito diferente do normal”, afirmou O’Ward para a revista americana Racer.

“É sempre bom ser o mais rápido, mas na realidade as melhores voltas vieram por conta de vácuos enormes. Mesmo assim, acredito que fomos um dos cinco carros mais velozes sem vácuo, então é bom e me deixou mais confiante para quando viermos correr no Texas”, seguiu.

Logo atrás de O’Ward, ficaram Alexander Rossi, Jack Harvey, Simon Pagenaud, Will Power e Felix Rosenqvist, formando um top-6. Colton Herta, Rinus VeeKay, Josef Newgarden, Sébastien Bourdais, Ed Carpenter, Scott McLaughlin, Takuma Sato, Ryan Hunter-Reay, James Hinchcliffe, Graham Rahal e Dalton Kellett foram os outros participantes.

SÉBASTIEN BOURDAIS; FOYT; TEXAS; INDY; TESTE COLETIVO;
Sébastien Bourdais com a nova pintura (e novo patrocinador) do carro #14 da Foyt no Texas (Foto: Indy)

Foi Bourdais quem causou o único sobressalto do dia, quando escapou da curva dois e acertou o muro. O acidente não foi sério e aconteceu com apenas alguns minutos para o fim da sessão.

Na terça-feira, é bom que se diga, Hunter-Reay foi até ligeiramente mais rápido que O’Ward com um teste mais direcionado. “É, tive a volta mais rápida, mas o downforce que foi adicionado não funcionou exatamente como eu esperava. Foi bem difícil. Faltou asa no carro e acabou tendo mais pressão aerodinâmica ainda. Nas primeiras cinco ou seis voltas de pneus novos, dava para sentir bem na comparação com o ano passado”, afirmou o insatisfeito veterano.

A temporada da Indy começa em 18 de abril, com o GP do Alabama.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar