RLL projeta ter Vips em 4º carro em parte do calendário da temporada 2024 da Indy

Ao comentar a intenção de ter um quarto carro na Indy 2024, Bobby Rahal — dono da RLL — confirmou que a equipe pretende ter Jüri Vips em parte da temporada. Por outro lado, dirigente admitiu que o processo tem se arrastado demais

Depois de defender a Rahal Letterman Lanigan nas duas últimas corridas da temporada 2023 da Indy, Jüri Vips vai permanecer na equipe para a próxima edição da categoria, conforme confirmado pelo dono, Bobby Rahal. No entanto, com três pilotos já assegurados para o ano que vem, a RLL planeja ter o estoniano em um quarto carro — objetivo que a organização ainda não conseguiu cumprir. Ou seja, o ex-Fórmula 2 não sabe quantas corridas fará no ano.

Para 2024, a RLL tem Pietro Fittipaldi confirmado no carro #30, Graham Rahal no #15 e Christian Lundgaard no #45. Assim, Bobby admitiu que gostaria de incluir Vips em um quarto monoposto, mas reconheceu que o processo tem se arrastado por um tempo maior do que o esperado.

“Exercemos nossa opção de manter Jüri [Vips]”, confirmou Rahal. “Como disse antes, aconteceu meses atrás. Vemos Jüri como uma jogada de longo prazo também. Gostaríamos de ter um quarto carro, e não estamos fazendo tanto progresso sobre isso como esperávamos. Certamente, isso é uma esperança”, admitiu.

“Talvez tenhamos [o quarto carro] em apenas algumas corridas [ao longo do ano], talvez em uma ou até nenhuma. Não sabemos ainda”, disse. “O que sabemos é que queríamos manter Jüri em nossa família. Ele fez um grande trabalho em Portland e foi ainda melhor em Laguna Seca”, elogiou.

Vips fez suas duas primeiras corridas na Indy pela RLL (Foto: Indycar)

Vips participou das duas últimas etapas da Indy 2023, com um 18º lugar em Laguna Seca e o 24º posto em Portland. O desempenho, segundo Rahal, foi suficiente para atrair o interesse da equipe nos serviços do estoniano para o futuro.

“Foi uma pena ele ter sido pego no caos da largada. Mas ficamos muito impressionados, certamente queríamos mantê-lo em nossa organização. Certamente, não vamos nos apressar em relação ao quarto carro. Você precisa estar preparado para isso, para fazer corretamente com que esse carro realmente contribua e te leve à frente”, pontuou.

“Acho que vimos algumas melhorias este ano. Obviamente, nossa performance ruim em Indianápolis ainda pesa mais do que qualquer outra coisa que tenhamos feito este ano. Mas acho que já estamos fazendo progresso”, analisou.

Bobby Rahal segue focado em ter um quarto carro no grid (Foto: Indycar)

Por fim, Bobby ressaltou que vê a RLL em franco crescimento no momento. O dirigente elogiou o trio da equipe para o ano que vem e repetiu: quer ter um quarto carro no grid. Porém, o americano também quer ter certeza de que a entrada de um novo monoposto vai representar algo de positivo para o time.

“A primeira coisa é que temos três carros e três pilotos fortes nesses carros. O objetivo é tê-los constantemente entre os primeiros. É a primeira coisa que precisamos fazer, e gosto dos pilotos que temos, incluindo Jüri. Com Pietro [Fittipaldi], Graham [Rahal] e Christian [Lundgaard], acho que temos uma equipe de pilotos fortes”, frisou.

“A Ganassi terá cinco carros, a Andretti, quatro”, apontou. “Então, as pessoas estão fazendo. Apenas precisamos garantir que estamos na posição certa para fazer isso direito”, finalizou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Indy direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.