Dixon interrompe domínio de Palou e lidera TL2 do GP de Portland. Newgarden é 2º

Scott Dixon manteve a Ganassi na frente, mas tirou Álex Palou da liderança no TL2 da Indy em Portland. Josef Newgarden se recuperou da classificação ruim e foi segundo

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A Ganassi manteve o comando das ações no segundo treino livre da Indy em Portland, mas foi com Scott Dixon e não mais com Álex Palou. Neste sábado (11), no fim da tarde, o neozelandês cravou 59s411, 0s219 mais veloz que Josef Newgarden, segundo colocado.

Newgarden, assim, acabou se recuperando de uma classificação muito ruim, que lhe rendeu a 18ª colocação no grid de largada deste domingo. Palou, novamente, andou forte, mas acabou perdendo a última volta por um corte de curvas. Ainda assim, foi quarto.

Ed Jones voltou a andar bem e se colocou em terceiro, com Jack Harvey em quinto. A RLL teve ótima sessão e colocou os três carros no top-10: Graham Rahal foi sexto, Takuma Sato, sétimo, e Oliver Askew ficou em nono.

Helio Castroneves completou o TL2 em 21º, na frente de Romain Grosjean, que ainda não mostrou muita coisa no misto do Oregon. O GP de Portland acontece neste domingo, com a largada prevista para 16h30 (em Brasília). Depois, serão apenas outras duas provas para o fim do campeonato.

Scott Dixon liderou o TL2 em Portland (Foto: IndyCar)

Confira como foi o TL2 em Portland

A Indy repetiu o que aconteceu em outras provas em mistos e colocou o TL2 no fim da tarde, em uma sessão bem curtinha, de 30 minutos. Basicamente, se trata de um warm-up, mas que acontece no dia anterior à corrida.

Demorou bons minutos até que a sessão, que começou 19h15 (em Brasília), tivesse voltas realmente rápidas. O primeiro a andar em 1min00s baixo foi Felix Rosenqvist, acompanhado de perto por Alexander Rossi e Josef Newgarden.

Aí, quando a coisa estava começando a pegar, Takuma Sato surgiu emperrado na curva 12, após ter escapado e, por muito pouco, não ter batido na barreira de pneus. Bandeira vermelha que durou alguns minutinhos.

A ação voltava com 17 minutos para o fim e Ed Jones ia para a ponta com 1min00s0. Foi batido só quando o pole Álex Palou, sempre ele, virava 59s747, novamente dominando a sessão. Scott Dixon surgia na sequência.

Ainda dava tempo para mais, porém. E aí Dixon subiu mais um pouquinho o nível, cravando 59s411 para roubar a dianteira do companheiro de Ganassi. Newgarden, que classificou tão mal, vinha forte também, em segundo.

Indy 2021, GP de Portland, TL2:

1S DIXONGanassi Honda59.411 22
2J NEWGARDENPenske Chevrolet59.630+0.21924
3E JONESDale Coyne Honda59.640+0.22923
4A PALOUGanassi Honda59.747+0.33621
5J HARVEYMeyer Shank Honda59.898+0.48717
6G RAHALRLL Honda59.902+0.49121
7T SATORLL Honda1:00.088+0.67720
8A ROSSIAndretti Honda1:00.216+0.80518
9O ASKEWRLL Honda1:00.230+0.81926
10R VEEKAYCarpenter Chevrolet1:00.261+0.85024
11C HERTAAndretti Honda1:00.300+0.88919
12W POWERPenske Chevrolet1:00.310+0.89923
13S McLAUGHLINPenske Chevrolet1:00.392+0.98124
14M CHILTONCarlin Chevrolet1:00.427+1.01625
15C DALYCarpenter Chevrolet1:00.442+1.03123
16P O’WARDMcLaren Chevrolet1:00.453+1.04223
17F ROSENQVISTMcLaren Chevrolet1:00.530+1.11922
18M ERICSSONGanassi Honda1:00.571+1.16021
19S BOURDAISFoyt Chevrolet1:00.587+1.17622
20R HUNTER-REAYAndretti Honda1:00.597+1.18619
21H CASTRONEVESMeyer Shank Honda1:00.613+1.20221
22R GROSJEANDale Coyne Honda1:00.669+1.25826
23D KELLETTFoyt Chevrolet1:00.710+1.29922
24S PAGENAUDPenske Chevrolet1:00.742+1.33125
25J HINCHCLIFFEAndretti Honda1:01.195+1.78419
26J JOHNSONGanassi Honda1:01.483+2.07215
27C ILOTTJuncos Chevrolet1:01.519+2.10825

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar