Palou bate Rossi e Dixon e crava pole crucial do GP de Portland. O’Ward é 7º

Álex Palou deu a melhor resposta possível após perder a liderança do campeonato e fez a pole do GP de Portland, na frente de Alexander Rossi e Scott Dixon. Pato O'Ward sai de sétimo, Josef Newgarden, de 18º

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Álex Palou voltou a brilhar e garantiu a pole do GP de Portland. Neste sábado (11), o catalão deu a melhor resposta possível após perder a liderança da temporada e, com 58s770, bateu Alexander Rossi e Scott Dixon por menos de 0s1.

Felix Rosenqvist viveu um dos melhores dias com as cores da McLaren, classificando em quarto, com Graham Rahal e Colton Herta aparecendo na sequência.

Líder do campeonato, Pato O’Ward não chegou ao Fast Six, mas ao menos sai de sétimo, ainda perto dos concorrentes. O top-10 do grid ainda conta com Ed Jones, Oliver Askew e Marcus Ericsson.

O dia foi terrível para a Penske, que não conseguiu colocar carro nenhum nem na segunda fase da classificação. Assim, Josef Newgarden parte apenas de 18º, uma posição atrás de Helio Castroneves, que faz a quarta corrida com a Meyer Shank. Callum Ilott, na estreia, sai de 19º pela Juncos.

O GP de Portland acontece neste domingo, com a largada prevista para 16h30 (em Brasília). Depois, serão apenas outras duas provas para o fim do campeonato.

Álex Palou larga na pole em Portland (Foto: IndyCar)

Confira como foi a definição do grid em Portland

A classificação do GP de Portland da Indy teve início, pontualmente, às 16h15 (em Brasília). O sistema era aquele clássico: dois grupos, segunda fase com 12 pilotos e, por fim, o Fast Six para decidir quem ficaria com a pole.

O Grupo 1 foi para a pista com: Scott McLaughlin, Pato O’Ward, Marcus Ericsson, Helio Castroneves, Graham Rahal, Alexander Rossi, Ryan Hunter-Reay, James Hinchcliffe, Oliver Askew, Jimmie Johnson, Max Chilton, Romain Grosjean e Callum Ilott.

Sem surpresas, os tempos foram melhorando do meio para o fim da sessão e, claro, com os pneus macios. Só que foram Hinch e Chilton os que puxaram a fila ali, com 59s baixo. Por incrível que pareça, Chilton ainda se garantiu na segunda fase, mostrando que tinha lenha para queimar com a Carlin, em quarto. Ericsson fez o melhor tempo, virando 58s809. Aí vieram Rahal, Rossi, Chilton, Askew e O’Ward.

Grosjean ficou de fora, bem como Castroneves. Caíram, ainda, Hinch, McLaughlin, Ilott, Johnson e Hunter-Reay, que sequer conseguiu entrar na pista, enfrentando problemas mecânicos. Houve ainda duas investigações por interferência: Askew em McLaughlin e Grosjean em McLaughlin. O francês ainda foi punido e fechou em 11º o grupo.

Josef Newgarden sai só de 18º no grid (Foto: IndyCar)

Penske decepciona e cai com todo mundo, complicando Newgarden

O segundo grupo tinha 14 pilotos: Dalton Kellett, Josef Newgarden, Felix Rosenqvist, Scott Dixon, Álex Palou, Will Power, Sébastien Bourdais, Ed Jones, Conor Daly, Rinus VeeKay, Colton Herta, Takuma Sato, Simon Pagenaud e Jack Harvey.

Com Palou pulando na frente e Dixon e Newgarden mais discretos com os pneus duros, chamava a atenção que dois já estavam punidos: VeeKay e Sato, por troca de motor, tomariam 6 posições no grid de largada.

Quando veio a tentativa com pneus macios, a Penske viveu um drama completo. Ninguém se garantiu no top-6, com Newgarden ficando apenas em nono, 18º no grid. Power e Pagenaud caíram também. Além deles, Daly, Harvey, VeeKay, Sato e Kellett foram eliminados.

Rosenqvist virou 58s691, surpreendendo e ficando na frente. Palou, Herta e Dixon confirmaram também os favoritismos deles. Jones e Bourdais também avançaram.

Graham Rahal colocou a RLL no Fast Six (Foto: IndyCar)

Ganassi pisa forte e põe Dixon e Palou no Fast Six. O’Ward fica pelo caminho

Veio o segundo grupo, formado por três carros da Ganassi, dois da Andretti, dois da McLaren, dois da RLL, a Carlin de Chilton, a Dale Coyne de Jones e a Foyt de Bourdais. De novo, como foi na primeira fase, só Palou impressionava de verdade com os pneus duros, abaixo de 59s.

Quando os macios foram acionados, Herta tratou de saltar na frente, mas a Ganassi estava extremamente sólida e respondeu rapidinho com Dixon e Palou, que fecharam um 1-2 da segunda fase. Rahal passou também, com as Andretti logo atrás e Rosenqvist fechando o grupo do Fast Six.

O’Ward foi mais um favorito a cair antes da hora, mas ao menos larga em sétimo. Jones, Askew, Ericsson, Chilton e Bourdais são os outros que vão aparecer no meio do grid.

Alexander Rossi larga em segundo (Foto: IndyCar)

Palou crava pole fundamental na briga pelo título

A briga pela pole se desenhou entre três pilotos desde o início do Fast Six. Dixon, Palou e Rossi iam controlando as ações, com Herta, Rosenqvist e Rahal mais em uma briga pela última vaga na segunda fila.

Rossi tomava a ponta, mas Palou deixava para o fim o golpe de misericórdia. Com 58s770, o catalão colocou a Ganassi na frente, apenas 0s09 na frente de Rossi e menos de 0s1 mais veloz que o companheiro Dixon. Rosenqvist, Rahal e Herta fecharam o top-6.

Indy 2021, GP de Portland, Grid de largada:

1A PALOUGanassi Honda58.770 
2A ROSSIAndretti Honda58.857+0.087
3S DIXONGanassi Honda58.867+0.097
4F ROSENQVISTMcLaren Chevrolet58.951+0.181
5G RAHALRLL Honda59.007+0.237
6C HERTAAndretti Honda59.280+0.510
7P O’WARDMcLaren Chevrolet58.973+0.203
8E JONESDale Coyne Honda59.025+0.255
9O ASKEWRLL Honda59.084+0.314
10M ERICSSONGanassi Honda59.090+0.320
11M CHILTONCarlin Chevrolet59.235+0.465
12S BOURDAISFoyt Chevrolet59.242+0.472
13J HINCHCLIFFEAndretti Honda59.254+0.484
14W POWERPenske Chevrolet59.003+0.233
15S McLAUGHLINPenske Chevrolet59.356+0.586
16C DALYCarpenter Chevrolet59.098+0.328
17H CASTRONEVESMeyer Shank Honda59.419+0.649
18J NEWGARDENPenske Chevrolet59.137+0.367
19C ILOTTJuncos Chevrolet59.501+0.731
20J HARVEYMeyer Shank Honda59.146+0.376
21R GROSJEANDale Coyne Honda59.634+0.864
22J JOHNSONGanassi Honda59.712+0.942
23S PAGENAUDPenske Chevrolet59.659+0.889
24D KELLETTFoyt Chevrolet59.744+0.974
25R VEEKAYCarpenter Chevrolet59.189+0.419
26T SATORLL Honda59.195+0.425
27R HUNTER-REAYAndretti Honda

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar