Dixon respira aliviado após vitória no GP de Toronto: “Acabei com sequência ruim”

Scott Dixon venceu o GP de Toronto e encerrou uma sequência de 22 corridas sem triunfos na Indy. O hexacampeão espera agora entrar de vez na briga por mais um título da categoria

Rosenqvist jogou Rossi no muro (Vídeo: IndyCar)

Scott Dixon segurou Colton Herta e encerrou um jejum de 22 corridas sem vitórias na Indy neste domingo (17) em Toronto. O neozelandês largou na segunda posição e ultrapassou Herta ao parar uma volta antes do rival e se aproveitar dos pneus frios da Andretti. Após a corrida, o piloto da Ganassi revelou que teve dificuldades no aquecimento pela manhã, mas se disse aliviado por finalmente vencer em 2022.

“Nós na verdade tivemos dificuldades com os pneus traseiros. Nós fizemos alguns ajustes nesta manhã pensando nos circuitos diferentes que já passamos neste ano e que tivemos problemas de understeer, mas este não foi o caso hoje. Foi uma corrida dura, mas consegui acabar com uma sequência ruim”, comemorou Scott.

Sua principal chance de vitória na atual temporada até aqui havia sido nas 500 Milhas de Indianápolis. Dixon conquistou a pole de forma dominante e liderou boa parte da prova, até cometer um erro e ultrapassar o limite de velocidade dos boxes na sua última parada. O neozelandês contou que ainda se sente mal pela derrota e dedicou o triunfo no Canadá para a Ganassi.

“Estou muito feliz pela equipe, tem sido um ano maluco para a equipe do carro #9, ainda me sinto muito mal por todos envolvidos por conta da Indy 500. Ficamos felizes que o Marcus ganhou para o nosso time, porque merecíamos. Mas me sinto muito bem de voltar a vencer e também tenho que deixar um grande agradecimento para a Honda, que nos ajudou muito com o combustível hoje”, afirmou Dixon.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Scott Dixon venceu em Toronto (Foto: IndyCar)

Este foi o quarto triunfo de Dixon em Toronto e a 52ª vitória da carreira, igualando Mario Andretti como segundo maior vencedor da história da Indy. O hexacampeão só está atrás agora de AJ Foyt, e espera que este seja o início de uma boa sequência em busca do sétimo título da categoria.

“É incrível. Sempre que escuto essas perguntas só penso que tenho muito a agradecer por ainda termos ele e o AJ nos pits, nós podemos vê-los, conversar com eles, é fantástico. Então é enorme, me sinto muito sortudo de poder fazer parte deste grupo e espero consegui entrar de volta na briga pelo título agora”, disse o neozelandês

“Espero que esse seja o início de uma boa sequência. Acho que o time definitivamente merece, temos trabalhado tão duro quanto todo mundo. Todos os times trabalharam muito bem neste fim de semana”, concluiu Scott.

Com o resultado, Dixon se aproximou da briga pelo título. O neozelandês tem agora 307 pontos, 44 a menos do que Marcus Ericsson, seu companheiro de Ganassi. A Indy retorna no próximo sábado (23), para o GP de Iowa 1, com cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.

GANASSI E ANDRETTI FERVEM: PENSKE PARTE PARA TÍTULO DA INDY
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar