Power supera Herta por 0s02 e crava pole do GP de Gateway. Palou larga só em 21º

Will Power deixou os favoritos ao título para trás e, superando Colton Herta e Josef Newgarden no detalhe, fez a pole em Gateway. Abaixo e ainda punido, Álex Palou sai só de 21º

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Em alta, Will Power se meteu no meio da briga dos favoritos ao título e cravou a pole do GP de Gateway. Neste sábado (21), o australiano somou 49s829 e, no detalhe, deixou Colton Herta e Josef Newgarden para trás.

Herta foi 0s02 mais lento que Power e sai em segundo no oval curto de Gateway, enquanto Newgarden, que ainda sonha com a taça, parte de terceiro, tendo perdido a pole por 0s03.

A Penske realmente se encontrou até aqui e até Simon Pagenaud, que vinha derrapando bastante, vai partir de quarto lugar. Pato O’Ward, vice-líder do campeonato, tem lá seus motivos para sorrir, já que sai de quinto e o rival, Álex Palou, com um combo de classificação ruim e punição, parte de 21º.

Marcus Ericsson, Alexander Rossi, Scott Dixon, Graham Rahal e Felix Rosenqvist completam o top-10 do grid de largada. Romain Grosjean, em sua primeira classificação em oval, fez bom trabalho, saindo de 14º mais tarde. Tony Kanaan vem um pouco atrás, em 17º.

O GP de Gateway acontece ainda neste sábado, com a largada marcada para às 21h45 (em Brasília). Depois, serão apenas mais três provas para o fim do campeonato.

Will Power emendou pole em Gateway (Foto: IndyCar)

Confira como foi a definição do grid em Gateway

A classificação do GP de Gateway começou pontualmente às 18h (em Brasília). O esquema era absolutamente simples: duas voltas seguidas para cada um e o somatório dos tempos definiria o grid. A ordem de saída para a pista acompanharia o inverso da classificação do campeonato.

Assim, Dalton Kellett abriu os trabalhos e, claro, não foi lá muito bem. Não foi um desastre, é verdade, mas certamente brigaria contra o último lugar: 51s4 para o canadense da Foyt. Então, foi a vez de Conor Daly, prejudicado pela péssima temporada de Max Chilton no #59 nos mistos e nas ruas. Conor, que chegou a ser pole em Iowa no ano passado, não repetiu a pegada, virando 50s978.

Veio, então, Felix Rosenqvist, com a primeira marca realmente competitiva do dia, cravando 50s300 com a McLaren. Tony Kanaan foi à pista na sequência e não repetiu a performance do sueco, mas ficou na frente de Daly e Kellett: o brasileiro fez 50s796.

Felix Rosenqvist fez um belo trabalho na classificação (Foto: IndyCar)

A dupla seguinte no traçado não foi das mais inspiradas e, dependendo do resto do pelotão, possivelmente seriam mais dois para a parte final do grid: Ed Jones fez 50s454, em segundo, enquanto que James Hinchcliffe virou 50s897, no quarto posto.

Sempre mais rápido nas ruas do que nos ovais, Sébastien Bourdais manteve a tendência e se colocou ali entre Kanaan e Hinch. Ryan Hunter-Reay foi um pouco melhor, mas também nada de espetacular, com o terceiro lugar provisório, 0s160 atrás de Rosenqvist.

Jack Harvey foi para sua tentativa e foi melhor do que Kanaan, mais lento que Hunter-Reay. Era outro que dificilmente largaria no top-15. Scott McLaughlin já teve mais sucesso. O neozelandês da Penske nem fez uma grande primeira volta, mas melhorou na segunda e colou em Rosenqvist.

Scott McLaughlin também andou bem (Foto: IndyCar)

A grande decepção até ali ficava por conta de Ed Carpenter. Um dos grandes especialistas em ovais da Indy, o americano brigou com o carro e só foi mais rápido que Kellett, virando forte candidato a uma vaga na última fila. Por outro lado, Romain Grosjean foi a surpresa positiva, se colocando parcialmente no top-5 em sua primeira classificação em oval. Com sorte, beiraria o top-10 para iniciar a prova.

Mostrando a força habitual nos ovais, Alexander Rossi chegou botando ordem na casa e, com 50s115, tomou a pole provisória que estava com Rosenqvist. Takuma Sato não teve o mesmo impacto, mas não foi dos piores, se encaixando entre Harvey e Kanaan.

Will Power, então, chegava chutando a porta. O australiano comprovou a força da Penske e deixou Rossi na saudade, com 49s829, quase 0s2 mais veloz que o americano. Aí veio Rinus VeeKay e deixou claro: o problema da Carpenter estava mesmo no acerto. Penúltimo posto para o holandês.

Scott Dixon foi mediano (Foto: IndyCar)

O nível da classificação, como era de se esperar subia muito, com Simon Pagenaud saltando para segundo e, logo na sequência, sendo batido por Colton Herta, que perdia no detalhe, por 0s02, para Power.

Ainda que não sejam dois pilotos com histórico recente tão bom nos ovais curtos, Graham Rahal e Marcus Ericsson também classificaram bem. Graham se colocou em sexto, logo atrás de Rossi, que era justamente superado por Ericsson, novo quarto colocado.

Líder do treino livre, Josef Newgarden classificou-se bem, mas não no mesmo nível que apresentou horas antes: terceiro lugar par ele, 0s03 atrás de Power, no detalhe. Scott Dixon ficou um pouco abaixo, em mais uma classificação modesta, provisoriamente em sétimo.

Pato O’Ward não fez nada de espetacular, mas o quinto lugar saiu de ótimo tamanho porque Álex Palou foi bem pior: o líder do campeonato fez a 12ª marca, mas, punido, sai de 21º, com a dianteira na tabela muito em risco.

Indy 2021, GP de Gateway, Grid de largada:

1W POWERPenske Chevrolet49.829 
2C HERTAAndretti Honda49.854+0.025
3J NEWGARDENPenske Chevrolet49.859+0.030
4S PAGENAUDPenske Chevrolet49.898+0.069
5P O’WARDMcLaren Chevrolet50.030+0.201
6M ERICSSONGanassi Honda50.045+0.216
7A ROSSIAndretti Honda50.115+0.286
8S DIXONGanassi Honda50.143+0.314
9G RAHALRLL Honda50.279+0.450
10F ROSENQVISTMcLaren Chevrolet50.300+0.471
11S McLAUGHLINPenske Chevrolet50.304+0.475
12E JONESDale Coyne Honda50.454+0.625
13R HUNTER-REAYAndretti Honda50.461+0.632
14R GROSJEANDale Coyne Honda50.499+0.670
15J HARVEYMeyer Shank Honda50.536+0.707
16T SATORLL Honda50.597+0.768
17T KANAANGanassi Honda50.796+0.967
18S BOURDAISFoyt Chevrolet50.882+1.053
19J HINCHCLIFFEAndretti Honda50.897+1.068
20C DALYCarlin Chevrolet50.978+1.149
21A PALOUGanassi Honda50.398+0.569
22E CARPENTERCarpenter Chevrolet51.061+1.232
23R VEEKAYCarpenter Chevrolet51.073+1.244
24D KELLETTFoyt Chevrolet51.486+1.657

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar