Massa fecha sexta hora das 500 Milhas da Granja Viana com liderança. Scuderia GP sobe para 21º

Felipe Massa teve forte desempenho na sexta hora das 500 Milhas de Kart da Granja Viana e se valeu de uma ida aos boxes de Rafael Martins, antes líder com a Barrichello Hero, para assumir a ponta da corrida. Enquanto isso, Ricardo Talarico empurrou a Scuderia GP para o quarto posto na Thunder Light

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Após uma breve titubeada na terceira hora da corrida, a Barrichello Hero seguia cruzando o Kártodromo da Granja Viana neste sábado (16). A sexta hora de corrida teve Rafael Martins no volante do kart #71 e mantendo a concorrência longe durante quase todo o tempo. Quase, porque, nos últimos minutos, no entanto, uma parada nos boxes significou que Felipe Massa colocasse a MDG Matrix I na liderança.

 
Leonardo Marcelli encerrou a sexta hora na segunda colocação, com a Medina Motorsport, enquanto o carro #002 da Shell Fittipaldi, com Ruben Carrapatoso, ficasse em terceiro. Por conta da longa parada nos boxes, a Barrichello Hero terminou a hora em sexto.
As 500 MIlhas de Kart (Foto: Fabrício Vasconcelos/RF1)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Se a expectativa de chuva – muito forte mais cedo e ainda uma ameaça para as próximas horas – foi afastado, deu lugar também a um forte sol de fim de tarde, além do calor.

 
A Scuderia GP, por sua vez, cresceu de rendimento e pulou do 36º para o 21º lugar. Foi Ricardo Talarico o piloto quem andou na sexta hora da corrida. Além do crescimento na classificação geral da prova, Talarico também fez a Scuderia terminar a hora com a quarta posição da categoria Thunder Light.
"Entrei para o meu stint e o carro estava na mão, tava perfeito. Mas é aquilo: quando o pneu é muito bom, ele engana. Deu umas dez voltas e ele foi para o seu normal, então o kart começou a escapar um pouco de dianteira. Mesmo assim, precisando segurar na curva, a gente descontou 1min23s para os caras que tavam na nossa frente. Muito bom para uma perna e dava para ser ainda melhor, mas os mecânicos já arrumaram tudo aqui e a tendência é a gente subir mais um bocadinho", disse o mais veterano da equipe do GP.
 
"O entrosamento está tranquilo. Claro, eu, Alicio e Salvaia já corremos juntos normalmente, mas todo mundo está com o mesmo objetivo, mesmo espírito. Dá para tentar buscar um trofeuzinho para o Grande Prêmio", completou.
 
Além de Talarico, Allyson Nazario, Alicio del Nero, Gustavo Ariel e Alfredo Salvaia também já foram à pista com o kart #44 da Scuderia GP
 
A liderança da categoria Thunder Light está com o Mondial #26, guiado por Rodrigo Tadeu Barone.
EM BUSCA DO SONHO DA F1

PIETRO FITTIPALDI REVELA QUE NEGOCIOU COM A SAUBER PARA 2018

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:

0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;

top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora