Com título ainda em aberto, etapa final da Lancer Cup acontece em Mogi Guaçu (SP) no próximo final de semana

Lancer Cup chega a Mogi Guaçu (SP) e ao Autódromo Vello Città no próximo final de semana para decidir a temporada. Será também a grande final do rali cross-country de velocidade Mitsubishi Cup.

As duas últimas provas da temporada 2015 da Mitsubishi Lancer Cup prometem ser eletrizantes. Isso porque o título ainda está aberto nas duas categorias, Lancer RS e Lancer R. Uma ultrapassagem perfeita, uma largada criteriosa ou mesmo uma escapada de pista podem definir quem subirá ao lugar mais alto do pódio.
 
"Na primeira prova vou fazer de tudo para conquistar a pole-position. Assim consigo administrar a vantagem na última corrida. Agora é hora de usar a cabeça. Mas dizer que não penso no título é mentira", afirma Bruno Mesquita, líder na categoria Lancer RS, com carros de 340 cv e câmbio sequencial. O piloto conquistou o título da primeira temporada e busca o bicampeonato. "São duas corridas, 50 pontos em jogo, é muita coisa. Mas é bom estar na frente", completa o piloto, que tem 25 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, Elias Jr., que luta pelo seu primeiro título.
Dia de velocidade em Mogi Guaçu (SP) (Foto: Ricardo Leizer/Mitsubishi)
"No final do campeonato os ânimos estão mais aflorados e todos mais nervosos. O Bruno tem uma vantagem, mas corrida é corrida e só termina na bandeirada. Vou tentar até o fim", garante Elias.
 
Na Lancer R, com carros de 306 cv e câmbio manual, a situação está mais confortável, mas ainda pode haver surpresa. Dividindo o mesmo carro, Mauro Neuenschwander e Ricardinho Feltre têm uma vantagem de 39 pontos para Rodrigo Mange. "Minhas chances são pequenas, mas existem. Desistir jamais", afirma Mange. Os três pilotos que estão na ponta estrearam este ano na competição.
 
Serão duas provas de 25 minutos, mais duas voltas, que definirão os campeões de 2015. Na Lancer Cup, toda a logística, preparação e manutenção dos carros fica por conta da Ralliart Brasil, divisão de alta performance da Mitsubishi Motors. Os pilotos só têm que chegar no dia da prova com seu macacão e capacete que o carro estará pronto para a largada.
 
Além da Lancer Cup, o sábado (14) será um dia de velocidade no Autódromo Velo Città. Será a grande final do rali cross-country de velocidade Mitsubishi Cup.
 
Com duas provas de aproximadamente 48 km, as duplas enfrentaram um piso duro, freadas fortes e relevo repleto de subidas e descidas. "O desafio em provas mais longas é manter o ritmo durante toda a especial", afirma Guilherme Spinelli, diretor da Ralliart Brasil, divisão de alta performance da Mitsubishi Motors.
 
Um dos destaques será o início da disputa na pista de asfalto do Autódromo Velo Città. Em um percurso de aproximadamente dois quilômetros, as duplas terão que acelerar para garantir pontos extras no campeonato. "A suspensão, altura e principalmente pneus de carros de rali não são preparados para competir no asfalto. Além disso, os pilotos não têm experiência nessas condições. Certamente será curioso vê-los se adequando a essa situação", comenta Spinelli.
 
No trecho inicial não haverá roteiro na planilha de navegação, o que não diminui a importância do trabalho em equipe. "Um bom navegador, ajuda muito olhando o traçado e auxiliando o piloto a entender o ritmo de cada curva", completa Guiga. Depois de sair do autódromo, os competidores entrarão em uma zona de radar, seguindo até o ponto onde começa a especial de 
 
Outros dois eventos irão reunir famílias e amigos para um sábado muito divertido na pista do autódromo. O Fun Day e Lancer Day são provas de regularidade que podem ser feitas por proprietários dos modelos Lancer, ASX e Outlander.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube