Mitsubishi Motorsports realiza quinta etapa da temporada 2015 em piso escorregadio e desafiador de Curitiba

O rali de regularidade mais tradicional do Brasil encarou mais uma etapa no ano oferecendo um grande desafio a pilotos e navegadores em meio a belas paisagens, mas também em trajeto repleto de surpresas, sobretudo devido ao chão onde a lama foi a protagonista

Curitiba recebeu no último fim de semana a quinta etapa da temporada 2015 do Mitsubishi Motorsports, o rali de regularidade mais tradicional de todo o Brasil. No sábado (4), pilotos e navegadores tiveram de encarar um trajeto bastante difícil, sobretudo devido às condições do piso, bastante escorregadio, protagonizado pela lama. Outro desafio para os competidores foi proporcionado pelo clima, uma vez que a temperatura, como é de costume na capital paranaense, estava muito baixa, além do tempo, que estava bastante fechado.

As disputas foram realizadas nas três categorias do Mitsubishi Motorsports: Graduados, destinada a competidores experientes, Turismo, para quem tem quilometragem intermediária, e Turismo Light, para os iniciantes no rali de regularidade, distribuídos em veículos 4×4 da linha Pajero e L200. Um grande desafio projetado para família e amigos apaixonados pelo esporte off-road.

Belas paisagens marcaram a etapa deste fim de semana do Mitsubishi Motorsports (Foto: Adriano Carrapato/Mitsubishi)

Maurício Pinelli, que correu praticamente em casa no fim de semana, levou a esposa Joane para disputar a etapa de Curitiba na categoria Turismo Light. “Ter a oportunidade de colocar nosso carro numa trilha tão bonita é muito bom. Muitas vezes, não temos a chance de aproveitar toda a vocação off-road que o modelo tem. Por isso sempre que podemos participamos do rali”, declarou o piloto, que vive em Londrina.

Considerado uma grande curtição pelos competidores, o Mitsubishi Motorsports é encarado por pilotos e navegadores também como uma forma de estreitar os laços de amizade, além da competição como um todo.

“Quando comprei o Pajero Full, me contaram que a Mitsubishi organizava ralis por várias cidades do país. Isso é bem bacana, cada etapa é diferente da outra. Hoje, por exemplo, enfrentamos um piso bem escorregadio. Na próxima etapa, o desafio pode ser totalmente diferente”, afirmou Jorge Chaguri, de Vinhedo, interior de São Paulo, e compete na categoria Turismo. Em família, ele compete ao lado do genro e navegador, Alexandre Ambrosio. “Além da competição, esse entrosamento que você cria com seu companheiro é muito bacana. São momentos de concentração que nos deixam mais unidos”, ressaltou.

A possibilidade de conhecer os rincões do Brasil é outro fator que faz do Mitsubishi Motorsports um evento diferenciado. “É muito gostoso viajar e conhecer as cidades por onde o rali passa. Além da prova, que é sempre muito boa, fazemos grandes amigos de todo o Brasil”, afirmou Jurandir Amaral Junior, que compete na categoria Graduados ao lado da esposa, Andrea. A dupla começou na categoria em 2008, quando estreou na classe Turismo Light.

L200 Triton Savana Off foi uma das atrações do fim de semana em Curitiba (Foto: Ricardo Leizer/Mitsubishi)

A etapa de Curitiba foi vencida, na classe Graduados, por uma dupla bem familiar. Otávio Enz e seu filho, Alan Enz, vieram de Apucarana, também no Paraná, para triunfar em Curitiba. O duo ficou com apenas 268 pontos perdidos e levou a melhor na prova. “Somos paranaenses, e conquistar a segunda prova seguida em casa é muito especial”, vibrou o navegador, Alan. Com o resultado, o conjunto reforçou a liderança na temporada, com 25 pontos de frente para Olair Fagundes e Waldemberg Barros, da cidade de Cuiabá.

Na classe Turismo, a vitória ficou com o casal José Carlos e Claudia Eymael, de Santana do Parnaíba, que alcançou o triunfo a bordo de uma L200 Triton e ficou com 346 pontos perdidos, vantagem bem considerável em relação ao duo segundo colocado, formado por Igor Carvalho e Fabrício Povh, de Castro, também no Paraná. O conjunto vencedor agora soma 99 pontos e ocupa a vice-liderança da temporada, enquanto os líderes são Carlos Frederico Bauer e Alexandro Silva, da catarinense São Bento do Sul.

A lama foi a grande protagonista da etapa deste fim de semana do Mitsubishi Motorsports (Foto: Adriano Carrapato/Mitsubishi)

E na Turismo Light, a festa do pódio foi comandada pela dupla composta por Paulo Renato Martins e Regiane Salgado Pagnard, que disputaram apenas a terceira prova no Mitsubishi Motorsports. “Ainda temos muito o que aprender. Conseguimos essa vitória com muita concentração e entrosamento. Acho que estamos pegando o jeito”, vibrou a navegadora. O duo chegou à vitória com 628 pontos perdidos, apenas três em relação ao conjunto segundo colocado, formado por Luana e Daniela Buscaroli.

A próxima etapa da temporada 2015 do Mitsubishi Motorsports está marcada para 8 de agosto na bela cidade de Penedo, no Rio de Janeiro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube