Rali Mitsubishi Motorsports abre temporada 2015 enfrentando chuva, lama e neblina no interior de São Paulo

Largando do centro de Campos do Jordão, mais de 250 carros seguiram sentido São Bento do Sapucaí e cruzaram a divisa de Minas Gerais, chegando a Marmelópolis, Delfim Moreira, Brazópolis, Piranguçu e Wenceslau Braz. No caminho, muita adrenalina: curvas com piso escorregadio, bastante lama, além da neblina e uma garoa constante

A chuva, a lama e o piso liso marcaram a primeira etapa do rali de regularidade Mitsubishi Motorsports neste sábado. A bordo dos veículos da marca dos três diamantes, a Nação 4×4 encarou diversos desafios e pode voltar das trilhas com muitas histórias para contar.
 
Largando do centro de Campos do Jordão, mais de 250 carros seguiram sentido São Bento do Sapucaí e cruzaram a divisa de Minas Gerais, chegando a Marmelópolis, Delfim Moreira, Brazópolis, Piranguçu e Wenceslau Braz. No caminho, muita adrenalina: curvas com piso escorregadio, bastante lama, além da neblina e uma garoa constante. Usando a tração 4×4 dos legítimos Mitsubishi, os competidores superaram os obstáculos e foram recebidos para o almoço e festa de premiação.
 
Além das trilhas, amigos, famílias e casais veem em busca de diversão e um fim de semana diferente. "A gente começou em 2010 e meu marido corria ao lado de um amigo, que, em uma etapa do ano passado, não pode ir. Eu fui e, agora que estamos aposentados, pretendemos correr todas", conta Leila Pimentel de Souza. Do Rio de Janeiro, eles competem a bordo de uma L200 Triton e são casados há 39 anos. "O principal objetivo é o espírito esportivo, é competir. Dá para se divertir", conta o marido Sinésio Neves de Souza.
Campos do Jordão recebeu a Nação 4×4 para a 1ª etapa de 2015 (Foto: Adriano Carrapato/Mitsubishi)
Os estreantes Marcio Roberto Torres e Carolina Merisse trouxeram o filho Marcio, de 10 anos, para acompanhá-los na categoria Turismo Light. "Eu sempre tive vontade. Soube pela internet e nos inscrevi", conta o piloto de uma L200. O mais animado da equipe era o ‘zequinha’: "Eu ajudo e tiro as fotos!"
 
Já o casal de Goiânia (GO) Ariel e Pamela Bueno da Fonseca aproveita os ralis para reviver a lua de mel. "Fugimos da rotina. Estamos há cinco anos juntos e deixamos nossa filhinha com os avós neste fim de semana", conta o navegador, a bordo de um Pajero TR4. "Cada metro percorrido vale a pena. A estrutura que a Mitsubishi monta a gente não encontra em lugar nenhum. E as amizades não tem preço!" Eles levaram o troféu de melhor dupla mista na categoria Turismo, para quem tem experiência intermediária.
 
Na categoria Graduados, para duplas experientes, vitória dos irmãos Alfredo e Camilo Turcatto, de São Paulo (SP), a bordo de um Pajero Full. "A gente corre há mais de dez anos, mas tínhamos dado um tempo. Agora voltamos e o resultado foi muito legal", conta o navegador. "Viemos focados, para competir. Começar o ano assim aumenta a nossa confiança", completa o piloto.
 
Já na categoria Turismo, para intermediários, quem levou a melhor foi o casal Luiz Renato Rezende Lopes e Debora Avila de Carvalho, de Pouso Alegre (MG), a bordo de uma L200 Triton. "Começamos a correr rali para fazer programas junto com nossos filhos adolescentes. Hoje, quando entramos no carro, dá para esquecer um pouco o papel de marido e mulher. Viramos piloto e navegador", conta Debora. "É um desafio, são novos amigos e há a possibilidade de ter contato com a natureza. Ganhar dá muito gás e uma responsabilidade ainda maior."
 
Na categoria para iniciantes, Turismo Light, Leandro de Mendonça Thurler e Rodrigo Justen Vieira, de Rio das Ostras (RJ), venceram a bordo de um Pajero Dakar. "É uma emoção enorme. É nossa quinta etapa e agora conseguimos chegar ao primeiro lugar. Vale muito a pena. Quando chegamos das trilhas, senti que estávamos bem, mas não tínhamos a noção que daria para ganhar", comemora o navegador. "Quero ir em todas as etapas desse ano."
 
STOCK CAR 'IN LOCO'

O GRANDE PRÊMIO está em Goiânia para a cobertura da etapa de abertura da Stock Car em 2015, a Corrida de Duplas. Pilotos famosos foram convidados para a prova que ganhou importância no calendário, como Jacques Villeneuve e Ingo Hoffmann, que deixou a aposentadoria de lado para formar dupla com o atual campeão da categoria, Rubens Barrichello. Nelsinho Piquet tem sido o destaque do fim de semana com o carro #51 de Átila Abreu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube