Trilha histórica e navegação no canavial marcam etapa de abertura da temporada do Mitsubishi Motorsports em Mogi Guaçu

Rali de regularidade monomarca mais tradicional do Brasil abriu a temporada 2018 com muito sol, lama, poeira e diversão na região do autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Nação 4×4 se reuniu no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu, para a primeira etapa do Mitsubishi Motorsports, o maior rali de regularidade do Brasil, neste sábado (24). A diversão começou logo pela manhã, com as duplas das categorias Master, destinada às mais experientes, Graduados, reservada para competidores bastante experientes, e Turismo, para aqueles que têm experiência intermediária. Eles partiram para uma trilha em meio a estradas vicinais e plantações de cana-de-açúcar no entorno do autódromo Velo Città.
 
“O nível técnico dessa etapa estava, como sempre, muito elevado. Todos os competidores contam com carros capazes de vencer qualquer coisa que apareça na trilha, além de todos já terem muito experiência no rali. Eu, por exemplo, já participo há 11 anos”, explicou Daniel Krabbe, que compete ao lado da mulher Monica na categoria Master.  
 
“Aqui, aprendemos que a liberdade não segue uma estrada. Nosso carro nos dá liberdade para nos divertir em qualquer situação. Seja com a família fazendo uma trilha ou participando de uma competição. Já tenho dois carros da Mitsubishi e não quero parar por aqui”, contou Alex de Souza, da categoria Graduados.
A abertura da temporada do Mitsubishi Motorsports em Mogi Guaçu (Foto: Adriano Carrapato)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Todas as provas são muito organizadas, com estrutura e trilha sensacionais. É uma ótima oportunidade de lembrar do que o meu Pajero é capaz de fazer no off-road”, falou Edgar Almeida, da categoria Turismo.
 
Já os participantes da categoria Turismo Light – a porta de entrada para o Mitsubishi Motorsports destinada a quem está começando – percorreram um trajeto em direção a Jacutinga, em Minas Gerais, passando por estradas vicinais, trechos de reflorestamento e ainda um caminho usado durante a revolução de 1932.
 
“Nos programamos para participar das etapas. É um programa de família e nós gostamos muito de competir”, comentou Agnaldo Garcez que, ao lado da esposa Selly e da filha Aline, venceu a categoria ASX. “O carro é fantástico, ele encara lama, estrada e cidade sem problemas. Vale muito a pena”.
Uma bela etapa em Mogi Guaçu abriu a temporada (Foto: Adriano Carrapato)
Campeões da etapa
 
Na categoria Master, quem levou a melhor foi a dupla Braulio Ferreira e Matheus Mazzei. “A prova estava muito técnica, com muitos trechos travados em meio a cana-de-açúcar, o que dificultou bastante a navegação e os pontos de referência. Ou seja, foi uma etapa bem divertida”, brincou Matheus, o navegador da equipe.
 
Já na Graduados, os campeões foram Fabio Vernizi e Orestes Baccheti. “Somos todos uma grande família. Os nossos melhores amigos estão aqui. Mas, quando giramos a chave e passamos pela largada, conseguimos focar apenas na competição e tirar o melhor desempenho da dupla do carro. Começamos bem a temporada”, comemorou Fabio.
 
O casal Gustavo de Amorim e Debora Bonatti conquistou sua primeira vitória na categoria Turismo. “Participamos há 4 anos do rali e hoje finalmente conseguimos ser os primeiros. É uma sensação muito especial alcançar um resultado tão bom em uma prova tão difícil como esta”, explicou Debora.
 
Na Turismo Light, Carlos Duarte e Fernando Lopes subiram no lugar mais alto do pódio. “Essa é nossa segunda prova. Ainda não acreditamos que conseguimos vencer. Foi muito divertido e estamos muito animados para as próximas etapas do ano”, contou Carlos.
O pódio da abertura da temporada do Mitsubishi Motorsports em Mogi Guaçu (Foto: Adriano Carrapato)
Mega evento
 
O Autódromo Velo Città também recebeu a abertura da temporada 2018 do rali de aventura e tarefas Mitsubishi Outdoor e do rali cross-country de velocidade Mitsubishi Cup com a prova de rallycross, modalidade que mescla trechos de asfalto e terra em pegas emocionantes. 
 
“É sempre mais legal quando há várias provas ao mesmo tempo aqui no Velo Città. Todos somos apaixonados pela Mitsubishi e, em eventos como esse, vemos o tamanho e a importância que os participantes dos ralis tem para a marca”, comentou Gustavo de Amorim, participante do Mitsubishi Motorsports.
 
Na próxima etapa, o Mitsubishi Motorsports estreia na cidade paranaense de Ponta Grossa, no dia 21 de abril. 

”RECOMEÇA A BRIGA”

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube