Veterano Elias Jr. e novato Corrêa triunfam na primeira rodada da Mitsubishi Lancer Cup no Velo Città

Elias Jr. venceu de ponta a ponta a primeira bateria da temporada 2013 da Lancer Cup. Na prova da tarde, o triunfo ficou com o jovem maranhense Daniel Corrêa, de apenas 27 anos, que conquistou a vitória após vencer a prova mais empolgante do fim de semana em Mogi Guaçu

Depois de meses e meses de preparação e planejamento, o automobilismo brasileiro viu a largada da primeira temporada da Mitsubishi Lancer Cup. A primeira rodada dupla de 2013 foi realizada no sábado (9), no circuito Velo Città, de propriedade da montadora, em Mogi Guaçu. O circuito teve um grid bastante significativo para uma primeira corrida e contou com 17 carros. Dentre os competidores, dois tiveram mais motivos para sorrir: um deles, o veterano Elias Jr, vencedor da bateria da manhã. Já na corrida da tarde, o triunfo ficou com o novato maranhense Daniel Corrêa, que ainda um iniciante no automobilismo.

Elias Jr., dono de experiência em várias outras categorias turismo, conquistou a pole-position após a sessão classificatória de meia hora, disputada logo pela ensolarada manhã de sábado no Velo Città. Do começo ao fim, o dono do carro #11 não ofereceu a menor resistência aos adversários, com a disputa por posições ficando restrita do terceiro lugar em diante. Isso porque o segundo melhor posicionado no grid, Bruno Mesquita, também manteve sua colocação e não enfrentou problemas.

A Mitsubishi Lancer Cup realizou sua primeira rodada dupla no Velo Città (Foto: David Santos Jr.)

Mais atrás, aí sim uma grande briga por posição que envolveu os experientes Fabio Viscardi, Sylvio de Barros e Sergio Alves. Quem levou a melhor na disputa acabou sendo Alves, que sustentou a pressão dos adversários do início ao fim.

Após 16 voltas completadas, Elias Jr. cruzou a linha de chegada em 29min44s684 de tempo total de prova, terminando 7s508 à frente de Mesquita. Alves alcançou o terceiro lugar, logo à frente de Viscardi e Sylvio de Barros, que completaram o pódio da etapa de abertura da temporada 2013 no Velo Città.

Logo após a prova, Elias Jr. falou ao Grande Prêmio e destacou o potencial da mais nova categoria do automobilismo brasileiro. “Estou impressionado com a organização e a estrutura do evento. Realmente, a Mitsubishi está de parabéns”, destacou o carioca.

“Os carros são bastante competitivos e bons de guiar, e como todos os carros são iguais, isso é bom, você sabe que estará sempre disputando no mesmo nível com os outros pilotos, então acho que encontrei um bom lugar para correr neste ano. É um privilégio poder fazer parte desta categoria”, vibrou o vencedor da etapa inaugural do sábado.

Eis o top-5 da primeira corrida da Lancer Cup em 2013 (Foto: David Santos Jr.)

Com a regra do grid invertido, os posicionados entre primeiro e oitavo da primeira corrida inverteram suas respectivas posições para formar o alinhamento de largada para a segunda prova do fim de semana. Assim, Elias Jr. largou em oitavo. O pole-position foi Daniel Corrêa, oitavo colocado pela manhã, seguido por Carlos Faletti, José França, Sylvio de Barros, Viscardi, Sergio Alves, Mesquita e Elias Jr. Na categoria Premium, para pilotos acima de 45 anos, Carlos Faletti, sétimo no geral, foi o vencedor, seguido por Sidney Campos e Luiz Barcellos.

A segunda prova acabou sendo a mais emocionante do fim de semana. Segundos antes da volta de aquecimento dos pneus, uma garoa caiu na região do circuito e deixou a pista um pouco úmida. A direção de prova optou por iniciar a corrida sob bandeira amarela, com o safety-car à frente dos 17 colocados no grid. Entretanto, a fina garoa cessou rapidamente e não houve a necessidade de mudança para pneus de chuva. Assim, a bandeira verde foi acionada duas voltas depois.

Como é de praxe em todas as corridas com grid invertido, a segunda bateria no Velo Città foi repleta de ultrapassagens e lutas por posição. Largando em oitavo, Elias Jr. deu um show à parte ao conquistar várias colocações em poucas voltas. Logo no primeiro giro com bandeira amarela, o carioca era o sexto colocado, mas tudo indicava que chegaria ao topo em pouco tempo.

Por outro lado, Faletti, menos experiente, foi perdendo terreno para os adversários. Numa dessas disputas por posição, o dono do carro #6 acabou tendo seu pneu traseiro direito furado. Valente, o piloto até tentou seguir na corrida por algumas voltas, mas, com seu Lancer Evo R já sem condições, abandonou a corrida a poucas voltas do fim.

Elias Jr. duelou com Mesquita pelo segundo lugar na segunda bateria (Foto: David Santos Jr.)

Elias Jr., por sua vez, seguia crescendo na prova, assim como Bruno Mesquita, que depois de ter partido em sétimo, já era o segundo lugar depois de cinco voltas. Elias Jr. veio em ritmo tão forte quanto seu adversário e não levou muito tempo para chegar à terceira posição. Assim, Corrêa seguia na liderança, mas não tão confortável, já que tinha Mesquita e o carioca Elias no seu encalço.

Mesquita segurou o quanto pôde, mas não resistiu à pressão de Elias Jr. e caiu para terceiro. Entretanto, o vencedor da primeira bateria ainda estava um pouco longe de Corrêa. Por isso, o piloto carioca apertou o ritmo para tentar triunfar pela segunda vez seguida no Velo Città. Depois de se aproximar demais do maranhense, Elias tentou tudo e tentou ultrapassá-lo na última volta. Mas Corrêa, mesmo com pouca experiência, conseguiu sustentar a liderança, mesmo após um toque entre os carros, e seguiu para sua primeira vitória na Lancer Cup. Elias Jr. conseguiu permanecer em segundo e saiu de Mogi Guaçu como líder do campeonato.

Mesquita completou o top-3 da segunda bateria, enquanto Fabio Viscardi e Sergio Alves fecharam o rol dos cinco primeiros. Já na categoria Premium, Eduardo Souza Ramos garantiu o triunfo depois de ter abandonado a primeira bateria, sendo seguido por Sidney Campos, novamente segundo colocado.

Destaque para o maranhense Corrêa, o piloto mais novo do grid da Mitsubishi Lancer Cup, com apenas 27 anos. Contudo, o vencedor da etapa da tarde não se disse totalmente satisfeito. “Fecharia com chave de ouro se tivesse vencido de ponta a ponta tranquilo, apenas fazendo meu trabalho. Mas o Elias Jr. e o Bruno vieram muito rápido no último trecho da corrida, mas consegui defender minha posição. Foi horrível, pior sensação do mundo”, brincou o novato Daniel. “Ainda não consegui assimilar [a vitória], mas a sensação é ótima”, vibrou o piloto.

Ingo Hoffmann sobe no alto do pódio com Daniel Corrêa (Foto: David Santos Jr.)

Após duas etapas, Elias Jr. tem 47 pontos, cinco a mais que Mesquita. Sergio Alves e Fabio Viscardi somam, cada um, 36 pontos. Corrêa, apoiado pelo governo do Maranhão e por empresas do estado, ocupa o quinto lugar.

A próxima rodada dupla da Mitsubishi Lancer Cup será disputada no dia 20 de abril, novamente no Velo Città, em Mogi Guaçu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube