Álex Márquez nega temor por comparações com Marc: “Todos ou a maioria perdem”

Se preparando para estrear na MotoGP, Álex Márquez disse não estar com medo das comparações com Marc. O espanhol lembrou que a maioria dos pilotos perde ao ser comparada com o hexacampeão

Álex Márquez não está preocupado com as comparações com Marc. Os irmãos de Cervera vão formar a dupla da Honda na temporada 2020 da MotoGP.
 
Escolhido para ocupar a vaga deixada por Jorge Lorenzo, o campeão de 2019 da Moto2 afirmou que não está preocupado por ser comparado com o irmão hexacampeão.
Álex e Marc Márquez (Foto: Repsol)
Paddockast #44
RETROSPECTIVA 2019: MUITO QUE BEM, MUITO QUE MAL

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Não me preocupam as comparações com Marc”, disse Álex. “Quando comparam alguém com Marc, todos ou a maioria perdem”, disparou.
 
“Eu sei que vou por um bom caminho e vou tentar fazer o melhor possível”, garantiu.
 
Álex explicou que, no primeiro ano na MotoGP, quer aprender não só com Marc, mas também com Cal Crutchlow e Takaaki Nakagami, os outros dois pilotos equipados pela RC213V.
 
“Está claro que somos companheiros de box, vamos compartilhar a telemetria, mas eu vou tentar aprender com ele e com os outros pilotos da Honda”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube