Após conquistar 107º triunfo no Mundial em Misano, Rossi resume: “É ótimo vencer mais de um ano após minha última vitória”

Longe do topo do pódio a mais de um ano, Valentino Rossi encerrou o jejum com uma vitória impecável em Misano. Piloto de 35 anos agradeceu Yamaha e se disse orgulhoso por vencer na frente de sua torcida, amigos e família

A cobertura completa do GP de San Marino no GRANDE PRÊMIO
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Valentino Rossi escreveu um novo capítulo em sua história no Mundial de Motovelocidade. Mais de um ano após conquistar seu 80º triunfo – no GP da Holanda de 2013 –, o italiano voltou ao topo do pódio da MotoGP neste domingo (14), naquela que foi sua 107ª vitória entre as três categorias do campeonato.
 
Largando na primeira fila, o piloto da Yamaha contou com uma ótima saída e logo se instalou na ponta, seguido por Marc Márquez. Pressionando o experiente italiano, o líder do Mundial errou e caiu ainda na primeira metade da prova, deixando Rossi passear nas voltas finais no quintal de casa.
Valentino Rossi é o primeiro piloto da história a chegar aos 5 mil pontos no Mundial (Foto: Yamaha)
A classificação do Mundial de MotoGP após o GP de San Marino

“Estou muito feliz, claro, pois é muito especial vencer aqui em Misano, na frente de todo o público, da minha família e dos meus amigos”, declarou. “Estou muito orgulhoso”, ressaltou Valentino.

 
Em vitória em Misano chega após cinco anos de ausência de um triunfo na Itália. Na prova de 2009, Valentino venceu com 2s416 de vantagem para Jorge Lorenzo. Assim como aconteceu neste domingo, também foi Dani Pedrosa quem completou o pódio daquela prova.
 
“Consegui isso cinco anos depois da última vez aqui, da mesma maneira, lutando com Jorge”, sublinhou. “Durante os treinos, parecia que a nossa Yamaha trabalhava muito bem, então nós tínhamos uma pequena vantagem”, considerou. 
 
“Eu tentei o máximo e, por isso, sabíamos que poderíamos lutar pela vitória. Eu sabia que com certeza teria que lutar com Dani, Jorge e Marc. Tentei forçar desde o início e, no fim, foi ótimo vencer mais de um ano depois da minha última vitória”, continuou. “Sempre trabalhei duro, nunca desisti e acreditei que dias assim pudessem acontecer. Tenho que dizer ‘obrigado’ para a Yamaha, para todo o meu time, todos os meus amigos e todo o público que me apoia, especialmente aqui em Misano”, concluiu.

As imagens deste domingo no Circuito Marco Simoncelli
#GALERIA(5071)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube