Aprilia nega rumores de substituição de Savadori por Dovizioso: “Infelizmente”

Chefe da casa de Noale não escondeu que gostaria de ter o ex-Ducati ao lado de Aleix Espargaró na temporada 2021 da MotoGP

Em Portimão, Marc Márquez faz novo teste com moto da Honda em preparação para volta ao Mundial da MotoGP (Foto: Reprodução)

Massimo Rivola negou que a Aprilia planeja substituir Lorenzo Savadori por Andrea Dovizioso ainda nesta temporada. O chefe da equipe, contudo, não escondeu a decepção ao negar os boatos.

Recentemente, a Aprilia confirmou que Dovizioso vai testar a RS-GP em Jerez de la Frontera, na Espanha, no mês que vem. Desde então, começaram rumores de que o ex-Ducati pode assumir a vaga ao lado de Aleix Espargaró ainda neste ano.

Andrea Dovizioso deixou a Ducati no fim do ano passado (Foto: Divulgação/MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Dovizioso foi um dos alvos da Aprilia no ano passado, mas acabou por rejeitar a proposta. Atualmente, o italiano de Forli está desempregado, mas planeja voltar ao grid no ano que vem.

A aproximação com a Aprilia aconteceu justamente após a pré-temporada, quando Aleix Espargaró mostrou nos testes em Losail que a RS-GP deu um importante salto de performance.

Nesta sexta-feira (26), o site britânico The Race noticiou que a Aprilia trabalha para colocar Dovizioso de vez na moto ainda neste ano, mas a informação foi negada por Rivola, que nem tentou esconder a decepção por esta não ser a realidade.

“Não, não há nenhuma verdade nisso. Infelizmente”, disse Rivola em entrevista à Simon Crafar na transmissão internacional do Mundial de Motovelocidade. “Eu espero que ele goste do teste, que possa nos dar boas sugestões e aí veremos. Como ele mesmo disse, acho que devemos encarar as coisas como elas são, dia após dia. Vamos ver o que acontece”, concluiu.

A Aprilia não tem um dos melhores históricos em termos de trato com os pilotos. No ano passado, a escuderia italiana passou meses esperando que Andrea Iannone escapasse ileso por doping, mas, quando o piloto recebeu uma punição de quatro anos, tentou contratar pilotos da Moto2 para a vaga, mas foi rejeitada.

A fábrica, então, prometeu usar a pré-temporada para decidir entre Savadori e Bradley Smith, mas ainda em dezembro comunicou ao britânico que ele não seria o escolhido. Lorenzo, porém, tem só três corridas de experiência na MotoGP e nem de longe um currículo que justifique a posição na elite da motovelocidade mundial.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube