Às vésperas da temporada, Dovizioso fratura clavícula em prova de motocross

Andrea Dovizioso se machucou em acidente em prova de motocross. Italiano, que ainda não renovou contrato para 2021, tinha autorização da Ducati para competir

Andrea Dovizioso sofreu um revés às vésperas do início da temporada 2020 da MotoGP. O italiano caiu durante uma corrida de motocross no circuito de Monte Coralli, em Faenza, neste domingo (29) e acabou fraturando a clavícula esquerda.

O italiano perdeu a traseira da moto após um salto e foi ejetado da moto, caindo em cima do ombro esquerdo. Após o acidente, o #4 foi levado imediatamente ao hospital de Forli, sua cidade-natal, para passar por exames.

Os testes confirmaram a fratura na clavícula e, assim, Andrea será submetido a uma cirurgia na noite deste domingo, em Modena. Ainda não há informações sobre o tempo de recuperação do #4.

MotoGP 2020 Andrea Dovizioso Motocross Faenza
Andrea Dovizioso foi competir em Faenza com a aprovação da Ducati (Foto: Reprodução)
Paddockast #67 | Barrichello melhor que Schumacher?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

“Por sorte, não é uma fratura composta”, disse Paolo Ciabatti, diretor-esportivo da Ducati, ao site italiano GPOne. “Ele será operado nesta noite. Os médicos vão inserir uma plana na clavícula para acelerar a recuperação. O objetivo é que ele possa correr em Jerez”, frisou.

A Ducati também usou o Twitter para confirmar a lesão de Dovizioso.

Longe da MotoGP desde o teste coletivo do Catar, ainda no início do ano, Andrea tinha a autorização da Ducati para participar da primeira etapa do Campeonato Regional de Emilia Romagna. Companheiro de equipe, Danilo Petrucci não recebeu a mesma liberação.

“Andrea tem um forte desejo de começar a correr e foi por isso que demos permissão a ele para correr no campeonato regional de motocross”, confirmou Ciabatti ao site moto.it. “Normalmente, não teríamos deixado, mas acho que essa corrida vai permiti-lo sentir a adrenalina de que sente falta”, completou.

Antes da corrida, Andrea tinha ressaltado a importância da atividade em sua preparação para a temporada 2020.

“A Ducati entende o quão útil essa corrida é para mim. Como o motocross me ajudou e continua me ajudando a ser mais rápido no início da corrida, o que é muito útil da perspectiva da MotoGP”, apontou Dovizioso. “Desde que comecei esse treinamento, já vi resultados. Hoje estão aqui os melhores pilotos do panorama italiano, então certamente será bom em muitas maneiras”, indicou.

O piloto de 34 anos, que é apaixonado por motocross e já deixou claro que quer competir quando encerrar a carreira a MotoGP, ainda não renovou com a Ducati para 2021. As negociações emperraram na questão financeira.

Depois de seguidos adiamentos e cancelamentos por causa da pandemia do novo coronavírus, a MotoGP vai iniciar o campeonato 2020 no próximo dia 19 de julho com o GP da Espanha. Na semana seguinte, Mundial volta a Jerez de la Frontera para GP da Andaluzia.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube