Com 13 provas em cinco países, MotoGP divulga novo calendário para 2020

Com todas as etapas na Europa, MotoGP divulgou os planos de retorno. Cinco pistas receberão a categoria duas vezes

A MotoGP divulgou, nesta quinta-feira (11), o novo calendário oficial da temporada 2020. Após as mudanças por conta da pandemia do coronavírus, a categoria planeja realizar um campeonato inteiramente europeu. O início está previsto para 19 de julho, em Jerez.

São 13 provas confirmadas, com cinco praças recebendo corridas em fins de semana consecutivos. São elas Jerez de la Frontera, Red Bull Ring, Misano, Aragão e Valência. O campeonato se limitará a cinco países: Espanha, Tchéquia, Áustria, Itália e França.

Brno garantiu espaço no calendário de 2020 (Foto: Divulgação)

A MotoGP ainda tomará uma decisão a respeito dos eventos nos Estados Unidos, Argentina, Malásia e Tailândia, as quatro provas não europeias que não foram canceladas.

Assim como a F1, a MotoGP também criou novos nomes para os eventos em pistas repetidas. Jerez terá o GP de Andaluzia, Red Bull Ring receberá o GP da Estíria, Misano sediará o GP da Emília-Romanha, Aragão com o GP de Teruel e Valência ficou com o GP da Europa.

Os eventos na Alemanha, Holanda, Finlândia, Grã-Bretanha, Austrália, Japão e Itália não serão remarcados.

Confira o calendário da MotoGP 2020:

19/7GP DA ESPANHAJEREZ
26/7GP DE ANDALUZIAJEREZ
9/8GP DA TCHÉQUIABRNO
16/8GP DA ÁUSTRIARED BULL RING
23/8GP DA ESTÍRIARED BULL RING
13/9GP DE SAN MARINOMISANO
20/9GP DA EMÍLIA-ROMANHAMISANO
27/9GP DA CATALUNHABARCELONA
11/10GP DA FRANÇALE MANS
18/10GP DE ARAGÃOMOTORLAND
25/10GP DE TERUELMOTORLAND
8/11GP DA EUROPARICARDO TORMO
15/11GP DA COMUNIDADE VALENCIANARICARDO TORMO

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube