Chefe da Tech3 se diz cansado do protagonismo dos times de fábrica e defende: “Temos de movimentar as coisas”

Chefe da Tech3, Hervé Poncharal avaliou que Johann Zarco e Jonas Folger mostraram que têm condições de brigar com os chamados ‘alienígenas’ da MotoGP. Dirigente lamentou que os times de fábrica sejam sempre os protagonistas e torceu para que as coisas mudem

 
A Tech3 foi uma das grandes protagonistas do GP do Catar, prova que abriu a temporada 2017 do Mundial de Motovelocidade. Em sua estreia na classe rainha, Johann Zarco assumiu a liderança em Losail ainda nos primeiros metros e conseguiu abrir vantagem em relação aos rivais, mas acabou sofrendo uma queda e perdendo a chance de vencer logo em seu debute.
 
Com o francês fora da briga, Maverick Viñales cumpriu com a expectativa e recebeu a bandeirada na ponta, à frente de Andrea Dovizioso e Valentino Rossi.
 
Falando ao site britânico ‘Crash.net’, Hervé Poncharal, chefe da Tech3, não escondeu o orgulho com a atuação de Zarco, mas lamentou que a corrida tenha terminado com os mesmos protagonistas de sempre na ponta.
Chefe da Tech3 não escondeu alegria com performance de Johann Zarco (Foto: Tech3)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“No fim das contas, quem está no pódio outra vez? Maverick, ok, ele é meio que o cara novo, mas Dovi, Vale… Acho que nós temos de movimentar as coisas”, disse Poncharal. “O show foi ótimo, a batalha foi ótima, mas estou um pouco cansado de ver o noticiário e ler sobre a Yamaha, o time de fábrica da Ducati e a Honda na frente”, continuou.
 
Além disso, Poncharal também se disse cansado de ver as pessoas se referirem aos pilotos de fábrica como extraterrestres e avaliou que Zarco e Folger mostram que é possível brigar com os ponteiros.
 
“Acho que os nossos dois rapazes trouxeram alguma coisa neste ano. Não gosto de ficar ouvindo a mesma história sobre ETs, alienígenas, pilotos de fábrica super fenomenais que estão fora do alcance de todos os outros”, declarou. “Nós mostramos que podemos correr com estes caras. Isso é realmente bom, porque torna o show mais empolgante”, ponderou. 
 
Por fim, Poncharal avaliou que performance de Zarco e Folger na estreia na MotoGP também é uma prova da qualidade da Moto2.
 
“Nossos rapazes também mostraram que a Moto2 está em um nível incrível e que a Yamaha é uma moto excepcional”, apontou. “Acho que às vezes nós somos um pouco conservadores demais na forma como organizamos nosso line-up de pilotos. Então também estou orgulhoso”, concluiu.
 
DEBATE QUENTE SOBRE AS ESTREIAS DE F1 E MOTOGP. ASSISTA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube