Comissão faz reunião especial para avaliar segurança em Phillip Island

Fortes ventos que atingem Phillip Island neste sábado (26) e o forte acidente de Miguel Oliveira interromperam o TL4 da MotoGP

Os fortes ventos que atingem Phillip Island neste sábado (26) forçaram a interrupção do TL4 da MotoGP. O forte acidente de Miguel Oliveira, da Tech3, que foi empurrado para fora da pista no fim da reta principal, forçou uma reunião emergencial.
 
Com 12 minutos para o fim do quarto treino livre, já sob bandeira vermelha, todos os pilotos do grid da MotoGP foram chamados para conversar em uma sala fechada no paddock. O motivo seria a forte ventania que atinge o circuito australiano na tarde deste sábado, durante os treinos.
 
O acidente de Miguel Oliveira, arrastado para fora da pista no fim da principal reta de Phillip Island por conta do forte vento que atingiu sua moto, foi o motivo principal que fez a pausa da sessão. A queda de objetos da placas exibidas pelos mecânicos também fez a bandeira vermelha surgir no TL4. Marc Márquez liderava a sessão, seguido por Maverick Viñales e Pol Espargaró.

Com a sessão paralisada, jornalistas começaram a transmitir relatos de fotógrafos sobre a dificuldade até mesmo para se manter em pé por conta da força do vento. Na sexta-feira, o paddock do Mundial já tinha recebido um alerta sobre a velocidade do vento neste sábado.
 

O GP da Austrália de MotoGP está marcado para o domingo, às 1h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA HISTÓRIA DA FÓRMULA 1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube