Crutchlow parabeniza pilotagem fantástica de Viñales e Rossi e comenta queda de Márquez: “Acelerou como um animal”

Cal Crutchlow teve um final de semana bastante positivo em Termas de Río Hondo. Neste domingo (9), aconteceu o GP da Argentina, e mantendo um ritmo constante e competitivo, o piloto cruzou a linha de chegada na terceira colocação. Após uma abertura de temporada no Catar considerada "desastrosa" por ele, o resultado na prova argentina foi "genial"

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

A MotoGP disputou neste domingo (9) o GP da Argentina. Cal Crutchlow, que largou da terceira posição do grid, conseguiu manter ritmo competitivo durante a prova para beliscar um pódio em Termas de Río Hondo.
 

O GP do Catar foi o completo oposto para o piloto. Durante a abertura da temporada 2017 o titular da LCR caiu duas vezes, abandonando precocemente a disputa. Em Termas de Río Hondo, então, buscou a redenção para o início ruim de campeonato.
 
Conquistando a terceira colocação, o britânico afirmou que o resultado foi “genial”. “A primeira coisa que quero fazer é parabenizar Maverick e Valentino, pois pilotaram de maneira fantástica. Foi genial subir ao pódio após o que passei no Catar”, disse.
Cal Crutchlow (Foto: LCR)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Eu tive cuidar da situação desde o início da prova, pois tinha umas luzes em minha moto que me advertiam sobre algo, mas não entrei em pânico, simplesmente controlei a situação. Tentei seguir Maverick da melhor maneira, mas quando vi que Valentino estava tão próximo, pensei em apertar o ritmo e o fiz, mas tive alguns alertas e diminuí o desempenho”, explicou.
 

“Tentei controlar a situação como pude e logo Valentino me ultrapassou. Acredito que fizemos um bom trabalho voltando para casa com um pódio, pois no Catar foi um desastre. Aqui me senti competitivo para conseguir um bom resultado, e começar o ano com pódio é muito bom. Estou muito feliz com a equipe”, seguiu.
 
Quando estava na ponta, Marc Márquez sofreu uma queda e não conseguiu completar a corrida. Analisando o acidente, Cal afirmou que ele se deve pelo estilo nervoso do espanhol. “Caso alguém caia, você pensa “menos mal”, mas entendi a queda de Marc”, afirmou.
 
“Ele acelerou como um animal no início da prova. Deixei ele se afastar ainda na primeira volta, pois estava no limite desde a primeira curva. Então tentei me aproximar, mas ele cometeu um erro e azar para ele. Tomei um susto, mas acredito que teria sido competitivo com Márquez”, encerrou.
 
PADDOCK GP #72 TRAZ ÁTILA ABREU E DISCUTE ETAPAS DA STOCK CAR, F1, INDY E MOTOGP

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube