Crutchlow rebate rumores de que luta por vaga na Honda e cobra respeito pelo “fantástico” Pedrosa: “É o trabalho dele”

Cal Crutchlow falou nesta quinta-feira (5) na Argentina sobre os rumores de que está lutando por uma vaga na Honda ao lado de Marc Márquez. O britânico cobrou respeito pela situação do “fantástico” Dani Pedrosa e afirmou que apenas busca os melhores resultados para a LCR

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Em um momento onde as negociações de contrato ocupam uma importante fatia do noticiário da MotoGP, Cal Crutchlow não conseguiu ficar longe das especulações. Com contrato com a Honda até 2019 ― o britânico corre pela LCR, mas o vínculo empregatício é direto com a HRC ―, o #35 passou a ser apontado como rival de Dani Pedrosa na disputa por uma vaga ao lado de Marc Márquez nos próximos anos.
 
Nesta quinta-feira (6), durante uma coletiva de imprensa em Termas de Río Hondo, Crutchlow foi questionado sobre suas chances de subir ao time principal e saiu em defesa de Pedrosa.
Cal Crutchlow cobrou respeito por Dani Pedrosa (Foto: LCR)
LEIA TAMBÉM

Stop & Go: Franco Morbidelli
“Eu não sei. Acho que, antes de mais nada, temos de respeitar a situação. É do trabalho de Dani Pedrosa que estamos falando”, respondeu. “Todas as pessoas especulando e escrevendo a respeito, eu não sei como elas se sentem quando falam do trabalho delas”, comentou. 

 
O hoje companheiro de Takaaki Nakagami afirmou que nada foi discutido em relação ao próximo ano e ressaltou que sua prioridade atual é conseguir bons resultados para a LCR.
 
“Nada foi discutido. No fim, eu piloto pela LCR Honda. Meu trabalho é fazer um ótimo trabalho para eles, tentar ser o mais competitivo e rápido possível por eles. Nós estamos aqui para correr por nós, nossos patrocinadores e por mim”, declarou. “Eu vi um artigo dizendo que eu estava “caçando o lugar de Pedrosa”, mas, no fim, a única coisa que estou fazendo é lutar para conquistar um bom resultado para a minha LCR Honda”, frisou. 
 
Cal assegurou que não teceu nenhum comentário sobre suas chances na Honda, apenas falou sobre os boatos que ligam Johann Zarco ao posto. No entender do britânico, o #5 não se adaptaria tão bem à RC213V quanto se adaptou à YZR-M1.
 
“Como eu disse, não foi sequer mencionado. Eu não fiz nenhum comentário a respeito disso”, afirmou. “O comentário que fiz foi com referência a Johann, de que, se ele conseguisse a vaga, não achava que a moto se ajustaria ao estilo dele tanto quanto o que ele tem agora. Mas essa é a minha opinião. Eu todo direito disso”, defendeu. 
 
“Como eu disse, acho que devemos respeitar a situação. Dani é um piloto fantástico, está pilotando muito, muito bem neste time por muitos anos”, elogiou. “Nós continuamos a trabalhar o mais duro que podemos e vamos ver o que acontece”, concluiu.
CEDO DEMAIS?

ALONSO ENTRA NO ‘MODO EMPOLGOU’ ANTES DO TEMPO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube