Moreira celebra triunfo na Indonésia na Moto3: “Difícil conquistar essa 1ª vitória”

Diogo Moreira encerrou um jejum de 18 anos de vitórias brasileiras no Mundial de Motovelocidade. Piloto da MSi falou em seguir da mesma forma no restante da temporada

Diogo Moreira admitiu que “foi difícil” conquistar a primeira vitória da carreira na Moto3. No domingo (15), o piloto de 18 anos encerrou um jejum de 18 anos sem vitórias do Brasil no Mundial de Motovelocidade ao triunfar no GP da Indonésia.

Largando na pole, Moreira se manteve entre os ponteiros durante toda a disputa em Mandalika e segurou David Alonso nos metros finais para vencer pela primeira vez.

Diogo Moreira conquistou a primeira vitória da MSi (Foto: MSi)

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Estou muito feliz”, disse Diogo. “Só tenho palavras de agradecimento à minha equipe, meu entorno e minha família, pois foi difícil conquistar essa primeira vitória”, seguiu.

“Finalmente está aqui e agora é hora de continuar da mesma forma para o restante do campeonato”, concluiu.

Chefe da MSi, Jordi Gatell celebrou o fato de que foi Diogo quem deu à equipe a primeira vitória no Mundial de Motovelocidade.

“Estou orgulhoso de que Diogo tenha sido nosso primeiro piloto a vencer no Mundial de Motovelocidade. Tinha de ser ele”, declarou Gatell. “Orgulhoso de uma equipe que, além de ser uma família, deu tudo de si e fez um trabalho magnífico. Orgulhoso do quanto nossos patrocinadores e as pessoas que acreditam em nós ficarão”, seguiu.

“Orgulhoso de cumprir a promessa que fiz quando nosso querido Andreas Pérez nos deixou… Conseguimos, amigo!”, completou, se referindo ao piloto de 14 anos que morreu em 2018 em decorrência de um acidente na etapa de Barcelona do Mundial Júnior de Moto3.

Diretor da equipe, Teo Martín ressaltou o fato de Moreira ter alcançado um feito inédito: a primeira vitória do Brasil na Moto3.

“Estamos muito felizes com a vitória de hoje”, começou Martín. “Finalmente conseguimos chegar ao topo do pódio com Diogo Moreira, e ele fez história para o país dele, se tornando o primeiro a vencer na Moto3”, continuou.

“Isso é resultado de muito trabalho duro e esforço, tudo fruto de um sonho. Coisas que são feitas de coração acabam dando certo”, avaliou Martín. “Obrigado aos nossos patrocinadores e membros da equipe pela luta diária”, concluiu.

MotoGP volta a acelerar no GP da Austrália, em Phillip Island, no final de semana do dia 22 de outubro. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.