Dovizioso vê Ducati com boa base, mas pede melhora para brigar por título: “Não podemos baixar a guarda”

Vencedor do GP do Catar, Andrea Dovizioso considerou que a Ducati tem uma boa base, mas cobrou melhora na velocidade do meio da curva. O italiano considerou que a casa de Bolonha não pode baixar a guarda para se manter na briga pelo título até a corrida final

Polêmicas à parte, Andrea Dovizioso começou a temporada 2019 com o pé direito. Vencedor do GP do Catar, o #4 fez um balanço positivo do desempenho da Ducati, mas nem por isso deixou de cobrar melhoras.
 
Vice-campeão da MotoGP nos últimos dois anos, o italiano considerou que a marca de Borgo Panigale não pode baixar a guarda e pediu melhoras em termos de velocidade de curva.
Andrea Dovizioso começou bem o ano, mas segue pressionando a Ducati (Foto: Divulgação/MotoGP)
“Nós começamos a temporada da melhor maneira possível, vencendo a corrida de abertura no Catar, mas o campeonato é longo e sabemos por experiência que não podemos baixar a guarda”, disse Dovizioso. “Nós temos uma ótima base, estamos trabalhando de maneira eficiente e conseguimos tirar partido máximo dos nossos pontos fortes em Losail, especialmente em termos de aceleração e velocidade máxima, mas precisamos melhorar nossa velocidade no meio da curva”, seguiu.
 
“Para isso, a próxima corrida será um bom ponto de referência e vai nos permitir tentar algumas novas soluções”, apontou. 
 
Focado na briga pelo título, Andrea considerou que a Ducati tem de assegurar uma vaga no top-3 mesmo em pistas menos favoráveis para a Desmosedici.
 
“A nossa meta é estar no pódio também em pistas menos favoráveis para ficarmos na briga até a última corrida”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube