MotoGP
06/10/2018 00:14

Ducati assume culpa por acidente de Lorenzo na Tailândia, mas fala apenas em “problema técnico”

O forte acidente sofrido por Jorge Lorenzo durante o segundo treino da MotoGP na Tailândia. Davide Tardozzi, chefe do time, reconheceu que o que causou a queda do espanhol foi um problema técnico, mas não entrou em mais detalhes
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Lorenzo está fora do GP da Tailândia (Foto: Reprodução)
Jorge Lorenzo foi isentado de qualquer culpa pelo acidente durante o segundo treino da MotoGP na Tailândia. Davide Tardozzi, chefe da equipe, admitiu que a causa da queda do espanhol foi um problema técnico da moto.
 
No segundo ensaio da sexta-feira (5), o piloto teve um problema na curva 3 do circuito. Com isso, foi ejetado da moto e acertou com violência o chão. Como consequência, sofreu fortes contusões no pulso esquerdo e tornozelo direto.
Lorenzo sofreu um forte acidente no TL2 (Foto: Reprodução)
Ao analisar as causas do acidente, a Ducati reconheceu que o #99 não teve culpa. “Não foi um erro de Jorge, foi um problema técnico. Mas acredito que não comentaremos mais nada sobre isso. Veremos se mais adiante daremos mais detalhes, mas no momento não diremos mais nada”, explicou.
 
Entretanto, Tardozzi mostrou despreocupação quanto o acidente se repetir. “Não estamos nada preocupados e isso não vai voltar a acontecer”, encerrou o italiano.
 
No início deste sábado, então, veio a confirmação de que Lorenzo não vai disputar o GP da Tailândia. Ainda se recuperando da fratura sofrida no GP de Aragão, o piloto afirmou não querer assumir mais riscos.