Em busca do título de campeão, Laverty confirma saída da MotoGP e volta ao Mundial de Superbike com Aprilia

Eugene Laverty encerrou o suspense e confirmou que vai voltar ao Mundial de Superbike em 2017. Norte-irlandês vai defender a Aprilia com a meta de ser campeão

Eugene Laverty confirmou que vai voltar ao Mundial de Superbike em 2017. Depois de dois anos na MotoGP, o piloto da Aspar retorna à série das motos de produção para defender as cores da Milwaukee Aprilia.
 
Atual piloto da Aspar, Laverty tinha a possibilidade de seguir com a esquadra espanhola, mas optou por voltar ao Mundial de Superbike já que não teria equipamento atualizado na MotoGP.
Eugene Laverty vai voltar ao Mundial de Superbike em 2017 (Foto: Aspar)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

O norte-irlandês competiu no Mundial de Superbike entre 2011 e 2014, acumulando 13 vitórias e 33 pódios ao longo de 104 corridas. Em 2013, Eugene ficou com o vice-campeonato, atrás de Tom Sykes. Em dois anos de MotoGP, Laverty tem como melhor resultado o quarto lugar do GP da Argentina.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Com a partida de Laverty, são dois os pilotos da MotoGP a mudarem para o Mundial de Superbike em 2017. Stefan Bradl vai formar dupla com Nicky Hayden na Honda no próximo ano.
 
“Estou empolgado em voltar ao Mundial de Superbike com a Aprilia”, disse Laverty. “Tive muito sucesso lá, foi um ótimo período. Durante meus dois anos na MotoGP, eu aprendi bastante. Tive alguns momentos difíceis, claro, mas melhorei muito como piloto e estou ansioso por este próximo estágio da minha carreira”, seguiu.
 
“Estou muito motivado, pois nos últimos dois anos eu estive em um tipo muito diferente de luta. Estive no meio do pelotão, tentando melhorar”, comentou. “Então voltar com uma Aprilia de fábrica e a chance de vencer corridas e lutar pelo título mundial é diferente e eu estou realmente preparado para isso”, avaliou.
 
Às vésperas da mudança, Laverty previu um campeonato empolgante, mas reconheceu que vai ser difícil superar Jonathan Rea, que caminha para o bicampeonato com a Kawasaki. Mesmo assim, o norte-irlandês avisou que tem uma meta clara: o título.
 
“O próximo ano será muito empolgante. Tem muitos pilotos fortes agora e terá ainda mais no próximo ano, com Stefan Bradl entrando e a minha volta. Vai ser muito competitivo”, avaliou. “Claro, Jonathan Rea é o campeão mundial e está liderando a corrida pelo título mais uma vez, então vai ser difícil batê-lo, mas muitas caras estão motivados nessa caçada. Estou voltando com um objetivo: ser campeão!”.
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube