Escalado para GP do Japão, Guintoli testa carenagem e motor da Suzuki para temporada 2019

A Suzuki já está pensando na temporada 2019 da MotoGP. Neste final de semana, Sylvain Guintoli, piloto de testes do time, vai testar carenagem e motor para a próxima temporada

A Suzuki está tentando algumas coisas novas em Motegi. Sylvain Guintoli, piloto de testes da equipe, vai correr no final de semana com um novo motor e carenagem já pensando na temporada 2019.
 
Essa é a terceira participação do francês em uma etapa da MotoGP em 2018. As outras duas corridas em que participou foi em Barcelona e Brno, a bordo da GSX-RR experimental da escuderia.
 
Sylvain esteve em Motegi na última semana para dois dias de testes privados, onde testou o motor de 2019. Davide Brizo, chefe da Suzuki, falou que o propulsor já foi utilizado durante o primeiro treino livre no Japão.
Sylvain Guintoli (Foto: Michelin)
“Guintoli está tentando uma atualização do motor com mais potência que já havia tentando em um teste privado em Motegi. Suas impressões foram boas, agora veremos como se sai na corrida”, explicou em entrevista ao site oficial da MotoGP.
 
“Nós também temos uma nova carenagem aerodinâmica que ele certamente vai tentar. Guintoli está testando algo para 2019. Estamos nos preparando para o teste em Valência para ter tudo no lugar certo para a primeira corrida de 2019”, completou.
 
Brivio ainda explicou que Guintoli não esta usando o mesmo chassi de carbono que tem sido utilizado por Álex Rins desde o GP da Áustria. “Não há uma combinação de carbono de alumínio na moto de Guintoli. Quando colocamos carbono, foi apenas uma maneira rápida de tornar o chassi mais rígido”, encerrou.
 
No primeiro treino livre em Motegi, Sylvain fechou na 21ª colocação com o tempo de 1min47s537, 2s179 mais lento que o ponteiro Andrea Dovizioso.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube