Fernández é mais rápido do primeiro dia de treinos da Moto3 em Aragão. Arenas é 3º

Com a marca de 1min58s144 nos treinos combinados, o espanhol da KTM Ajo se colocou no topo da tabela. Romano Fenati e Albert Arenas completaram os três mais rápidos da sexta-feira

Raúl Fernández começou o final de semana em Aragão na frente. Nesta sexta-feira (16), nos primeiros treinos livres da Moto3 em MotorLand, o espanhol fez a marca de 1min58s144 para ser o mais rápido do primeiro dia de atividades.

O espanhol melhorou o tempo na parte da tarde, cravando a volta rápida na 11ª das 15 feitas. Quem fechou na segunda colocação foi Romano Fenati, 0s438 mais lento que o ponteiro. Albert Arenas, líder da classificação, completou o top-3.

Raúl Fernández foi o mais rápido dos primeiros treinos em Aragão (Foto: Reprodução)

Raúl Fernández abriu as atividades da sexta-feira de treinos livres. O espanhol anotou 2min04s733 para liderar a tabela de tempos seguido por Jaume Masià, Ayumu Sasaki, Darryn Binder e Barry Baltus.

A medida que o treino andava, as marcas seguiam caindo no MotorLand. Quem agora estava na ponta era Masià, com 2min02s286, anotado na sua quinta de cinco voltas feitas. Neste ponto, os pilotos começaram a ir aos boxes.

Com pouco menos da metade da sessão completada, Ryusei Yamanaka sofreu um forte acidente. Na curva 2, o japonês foi vítima de um highside e ejetado da moto, mas apesar do susto, saiu ileso do incidente.

Os tempos caíram drasticamente na reta final da primeira sessão. Com 2min00s509, Nicolò Antonelli saltou para a primeira colocação, com John McPhee e Romano Fenati completando os três mais velozes do momento.

Na bandeira quadriculada, Binder saltou para ponta com 1min59s813, o único piloto na casa de 1min59s. Junto trouxe Celestino Vietti, 0s331 mais lento, com McPhee, Fernández e Antonelli completando o top-5.

Quem teve sessão mais discreta era Ai Ogura. Vice-líder da classificação, apesar de ter se colocado na ponta já na bandeira quadriculada, fechou a atividade na 17ª colocação com marca 0s765 mais lenta que o mais rápido.

Os pilotos voltaram à pista na parte da tarde e quem começou na ponta foi Fernández com 2min00s217, mas logo tratou de baixar seu próprio tempo para 1min59s135 em seu sexto giro de seis completados. O espanhol era quase 0s7 mais rápido que Antonelli, o segundo.

E com a metade da atividade já percorrida, a maior parte dos pilotos já havia superado as marcas anotadas no primeiro treino livre do dia. Dos cinco primeiros colocados da tabela, apenas Binder, segundo, sustentava o antigo tempo.

Na bandeira quadriculada, quem fechou o dia com o melhor tempo em Aragão foi Raúl, que tratou de baixar para 1min58s144. Logo atrás do competidor da KTM Ajo veio Romano Fenati, 0s438 mais lento. Albert Arenas, líder da classificação, Binder e Tatsuki Suzuki completaram o top-5 do dia.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube