Fernández pula de moto em chamas no warm-up da Moto2 na Catalunha

Piloto levou um susto durante o treino desta manhã de domingo (27) em Barcelona. Espanhol da Marc VDS não se feriu

Augusto Fernández levou um baita susto no warm-up desta manhã em Barcelona. O piloto da Marc VDS precisou pular da moto em chamas no treino da Moto2 deste domingo (27).

Restando apenas pouco mais de dois minutos para o fim da sessão, o piloto de Palma de Maiorca precisou abandonar a Kalex do time de Marc van der Straten após a moto pegar fogo. Augusto vinha contornando a curva 10 quando percebeu as chamas e teve de pular da moto.

Augusto Fernández, Moto2 2020, GP da Catalunha
Augusto Fernández sofreu um susto no warm-up em Barcelona (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Apesar de o macacão ter proteção antichamas, o fogo atingiu a perna do piloto, mas ele escapou de lesões mais sérias.

Ainda assim, a participação de Augusto na corrida da Catalunha é incerta, já que vai depender do tempo que os mecânicos precisarem para reparar os danos à moto. Ao contrário da MotoGP, na Moto2 os competidores contam com apenas uma moto.

“Olá. Por sorte Augusto Fernández está bem. Sua perna queimou um pouco, mas vai ser capaz de correr normalmente. Agora estamos trabalhando na moto para ficar pronta para a corrida”, disse a equipe.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Catalunha, nona etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

LEIA TAMBÉM
Rossi assina contrato de um ano com Yamaha e corre pela SRT na temporada 2021

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube