FOTO: Miller presta tributo às vítimas de massacre na Nova Zelândia e corre na Argentina com número estilizado

Jack Miller decidiu prestar um tributo às vítimas do massacre em Christchurch, na Nova Zelândia, e vai correr com um número estilizado na Argentina. No último dia 17, um extremista australiano matou 50 pessoas em ataques a tiros em mesquitas locais

Jack Miller decidiu usar o GP da Argentina para prestar um tributo às vítimas do massacre de Christchurch, na Nova Zelândia. O Pramac divulgou imagens do número estilizado com que o australiano vai correr em Termas de Río Hondo.
 
No último dia 15, um extremista australiano de 28 anos matou 50 pessoas em ataques a tiros em mesquitas de Chistchurch. O assassino, que transmitiu o ataque pela internet, foi preso pelas autoridades locais.
Jack Miller presta tributo às vítimas de massacre na Nova Zelância (Foto: Pramac)
No dia do ataque, o piloto da Pramac já tinha usado as redes sociais para lamentar o massacre na mesquita.
 
“Profundamente entristecido pelas notícias dos ataques em Christchurch. Não posso acreditar”, escreveu Jack no Instagram. “Orações e condolências às famílias afetadas por esta tragédia. Fique forte, Nova Zelândia”, completou.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar