Honda diz que Márquez se preocuparia mais “com Álex em outro time”

Álex Márquez vai ser o companheiro de Marc Márquez na Honda em 2020. Apesar de a dupla levantar muitas dúvidas no paddock do Mundial, Alberto Puig, chefe da equipe, apontou que a chegada do irmão mais novo não vai tirar o foco do hexacampeão

Álex Márquez vai fazer a estreia na MotoGP em 2020 ao lado de Marc Márquez na Honda. Alberto Puig, chefe da equipe, afirmou que o hexacampeão ficaria muito mais preocupado se o irmão mais novo estivesse em outro time.
 
A aposentadoria de Jorge Lorenzo ao final de 2019 pegou o Mundial de Motovelocidade de surpresa. Com isso, a escuderia japonesa precisou correr para encontrar um substituto para o tricampeão espanhol.
 
Em um movimento ousado, anunciou Álex, recém-coroado campeão da Moto2, como companheiro do irmão em 2020. A decisão dividiu opiniões, com Wayne Rainey se colocando contra, mas Cal Crutchlow se mostrando favorável.
Álex Márquez (Foto: Repsol)

O dirigente, entretanto, crê que a parceria vai dar certo e não vai tirar o foco do #93. “Marc se preocuparia muito mais se seu irmão estreasse na MotoGP com outra equipe”, disse em entrevista ao ‘Autosport’.
 

“Não sei como a chegada de Alex pode afetar negativamente Marc. Na verdade, ele está feliz. Apenas vai se importar com a moto indo bem. É a única coisa que afeta ele e ele tem em sua cabeça”, seguiu.
 
“É um campeão e no dia que tiver que brigar roda com roda com o irmão, vai fazer – fim da história”, completou.
 
Muitos apontam que o fato de estarem na mesma equipe vai trazer grandes comparações entre os irmãos Márquez. Entretanto, o mais jovem da dupla já se mostrou tranquilo quanto a isso, reconhecendo o talento acima da média do irmão.
 

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar