Iannone reage à crítica, vê Argentina como ponto de ruptura com Dovizioso e afirma: “Não há amizade, mas sim respeito”

Andrea Iannone rebateu as críticas de Andrea Dovizioso e avaliou que a relação entre os dois, embora não seja de amizade, é de respeito. Italiano destacou que tem grande estima pelo ex-companheiro de Ducati

 

Andrea Iannone reagiu às criticas feitas por Andrea Dovizioso e disse que se sente incomodado por saber que o ex-companheiro de Ducati sinta que falte respeito na relação entre os dois.

 
Na semana passada, em entrevista ao diário italiano ‘La Gazzetta dello Sport’, Dovizioso afirmou que Iannone foi um bom motivador, mas criticou o #29 por seu relacionamento dentro da equipe
Andrea Iannone afirmou ter grande estima por Dovizioso (Foto: Ducati)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

“Por um lado, me serviu de espoleta, já que é um piloto muito rápido e eu gostei de tê-lo no box. Mas o comportamento de Andrea e de todo seu grupo… para mim, o respeito pelas pessoas é importante, e seu grupo, especialmente ele, não tiveram isso”, acusou.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Ao mesmo jornal, o piloto de Vasto reagiu e lamentou o ponto de vista de Andrea, destacando que tem uma grande estima pelo #4.
 
“Me incomoda que ele pense desta maneira”, disse Iannone. “Nós nos conhecemos desde sempre, inclusive quando corria com o meu irmão em minimoto. Na minha opinião, não há uma grande amizade, mas há sim respeito”, defendeu.
 
“Tenho uma grande estima por ele, como homem e como piloto, mas na pista, naturalmente, há uma rivalidade”, reconheceu.
 
Na visão de Iannone, o incidente do GP da Argentina foi determinante na relação entre os dois. Em Termas de Río Hondo, o #29 sofreu uma queda ao atacar o companheiro de companheiro e acabou derrubando Dovizioso num momento em que os dois brigavam pelo pódio.
 
“O que aconteceu na Argentina não ajudou”, admitiu. “Você pode se desculpar mil vezes, mas não adianta nada. Acho que para ele foram dois anos com um companheiro de equipe difícil de bater. Exatamente como foi para mim”, destacou.
 
Por fim, Iannone fez um balanço positivo da temporada e afirmou que, se caiu muitas vezes, foi porque esteve sempre buscando algo mais. O italiano foi o responsável por encerrar um longo jejum de vitórias da Ducati com um triunfo no GP da Áustria.
 
“Foi uma vitória fundamental e a temporada, no geral, foi positiva. Consegui minha primeira vitória na MotoGP, levei a Ducati à vitória depois de muito tempo”, apontou. “Quando cheguei até o final, quase sempre foi lutando pelo pódio e, quando caí, também foi lutando para conseguir. Caí muitas vezes, mas se o fiz, foi porque estava buscando algo mais, pois quando estava em terceiro, queria ser segundo”, justificou.
 
As muitas, quedas, no entanto, resultaram em uma lesão que acabou por tirá-lo de combate por três corridas.
 
“Foi uma pena, porque, especialmente na segunda parte da temporada, a Ducati era muito competitiva. Talvez faltasse algum pequeno detalhe para ganhar, mas estávamos lá”, ponderou. “Se tivesse podido correr sempre, sinto que teria sido mais forte”, concluiu.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube