Martín desbanca Bagnaia e garante pole da MotoGP na Itália. Marc Márquez é 3º

Jorge Martín achou uma grande volta logo no início do Q2 e fez a pole-position da MotoGP em Mugello. Francesco Bagnaia ficou em segundo, mas vai perder três posições no grid para a prova principal. Marc Márquez caiu na classificação e ficou apenas em terceiro

Depois de treinos discretos em Mugello, Jorge Martín decidiu acordar e mostrar que é realmente o líder do campeonato da MotoGP em 2024. O espanhol cravou 1min44s504 e fez a pole para o GP da Itália, acabando com a festa dos pilotos da casa.

Francesco Bagnaia foi superado por apenas 0s043. Nas últimas tentativas, acabou cometendo pequenos erros e ficou sem a pole-position. Na sprint, o bicampeão larga em segundo, mas foi punido no grid da corrida principal e sai no quinto posto.

Relacionadas


Maverick Viñales aproveitou bem o vácuo de Bagnaia e fez o terceiro melhor tempo para o grid da sprint. Amanhã, porém, sai na segunda colocação. Marc Márquez, que caiu na sessão, e Enea Bastianini aparecem logo na sequência na tabela de tempos.

Franco Morbidelli surpreendeu com bom ritmo durante os treinos deste sábado e ficou na sexta posição, seguido por Pedro Acosta, Álex Márquez, Aleix Espargaró e Álex Rins completando o top-10. A dupla da Trackhouse também participou do Q2, com Miguel Oliveira e Raúl Fernández, respectivamente.

Jorge Martín desbancou os italianos e ficou com a pole em Mugello (Foto: Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

MotoGP volta a acelerar ainda neste sábado (1), a partir de 10h (de Brasília), para a corrida sprint do GP da Itália, em Mugello. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Confira como foi a definição do grid de largada da MotoGP na Itália:

Depois da ameaça de chuva no dia anterior em Mugello, o céu abriu com sol forte e temperaturas de 18ºC no ar e 30ºC na pista. A umidade relativa era, no momento do treino, de 56%, além de ventos de 2 km/h.

TL2: Bagnaia lidera último treino antes da classificação

Com tempo mais firme do que no dia anterior, os pilotos logo saíram para a pista de Mugello para aproveitar o sol assim que a luz verde pintou.

Após as primeiras tentativas, Marc Márquez fez 1min46s168 e tomou a dianteira, seguido por Jorge Martín e Francesco Bagnaia. Fabio Quartararo voltou a mostrar bom rendimento da Yamaha e se meteu em quarto, no meio das Ducati.

Logo depois, Álex Márquez se juntou ao irmão e foi para a segunda posição, a 0s240 de Marc. Franco Morbidelli subiu para terceiro, mas logo foi superado por Bastianini e Quartararo.

Fabio Quartararo mostrou bom ritmo durante o TL2 (Vídeo: MotoGP)

Morbidelli, depois, fez o melhor tempo. Por pouco, no entanto, sendo superado por Bagnaia, com 1min45s608, e por Marc Márquez. Neste momento, o tráfego era um grande problema na pista italiana.

Depois de um tempo com os pilotos nos boxes, a pista voltou a ficar cheia na reta final. Morbidelli fez 1min46s036, melhorando a própria marca, mas seguiu em terceiro. Pedro Acosta foi bem e subiu para o quinto lugar.

No fim, ainda houve tempo para Maverick Viñales tomar o sexto lugar. Bagnaia fechou à frente, seguido por Márquez, Morbidelli e Bastianini. Jorge Martín não passou do modesto 15º lugar.

Q1: Morbidelli e Raúl Fernández avançam. Pol Espargaró cai e assusta

A luz verde pintou e logo os 14 primeiros pilotos entraram na pista para a classificação, com a disputa do Q1.

Após as primeiras tentativas, Franco Morbidelli tomou a dianteira, com 1min45s465, seguido por Fabio Di Giannantonio, apenas 0s029 atrás.

Raúl Fernández foi bem na primeira tentativa e ficou em terceiro, apenas 0s042 atrás do líder, enquanto Fabio Quartararo e Marco Bezzecchi apareciam na sequência.

Na metade da atividade, os pilotos retornaram para os boxes para os últimos ajustes nos equipamentes antes da tentativa final.

Para a última tentativa, quase todos voltaram com pneus médios na dianteira e macios na traseira. A exceção foi Jack Miller, com macios nas duas. E os tempos despencaram na reta final do treino.

Franco Morbidelli quebrou o recorde do circuito italiano (Vídeo: MotoGP)

Raúl Fernández fez 1min44s868 e tomou a dianteira, quase superando o recorde da pista. Logo depois, Brad Binder também andou forte e subiu para a segunda colocação. Di Giannantonio e Quartararo não foram bem.

O destaque ficou por conta de Morbidelli, com 1min44s726, assumindo a primeira colocação e se colocando em posição de avançar na classificação, com direito a novo recorde da pista de Mugello.

No último minuto, o wild-card Pol Espargaró perdeu o controle na rápida chicane e caiu no meio da pista. Takaaki Nakagami ainda conseguiu desviar e o espanhol correu para a caixa de brita.

Pol Espargaró caiu no fim e deu grande susto em todos (Vídeo: MotoGP)

No fim, ninguém mais melhorou. Morbidelli e Raúl Fernández avançaram para o Q2. Binder, Di Giannantonio, Quartararo e Bezzecchi apareceram na sequência.

Q2: Martín voa logo no início e garante pole. Marc Márquez cai

A sessão começou com um susto. Marc Márquez estava devagar na pista e deu uma pequena fechada em Pedro Acosta. Os dois não chegaram a se tocar e seguiram na disputa pela pole.

Após as primeiras tentativas, Jorge Martín fez 1min44s504 e assumiu a dianteira. Pecco Bagnaia pulou para segundo, com 0s043 de diferença, e ainda puxou Maverick Viñales para a terceira posição.

Martín logo cravou a melhor volta em Mugello (Vídeo: MotoGP)

O único problema ficou com Enea Bastianini, que teve a volta deletada por exceder os limites de pista. Ao mesmo tempo, Marc Márquez saltou para o quarto posto.

Com seis minutos para o fim, os pilotos voltaram para a pista em busca das últimas voltas rápidas.

Bagnaia fez uma volta muito veloz nos três primeiros setores, mas perdeu na parte final e não saiu do segundo lugar por 0s068.

A dois minutos para o fim, a primeira vítima do dia. Marc Márquez errou na curva 11, escapou da pista e caiu com força na caixa de brita.

Marc Márquez caiu no fim do treino e não melhorou volta (Vídeo: MotoGP)

Enea Bastianini tentou melhorar a volta, mas ficou em quinto. Martín também não conseguiu evoluir, assim como Pedro Acosta. Outro que foi bem e perdeu tempo no fim, foi Viñales, seguindo em terceiro.

No fim, ninguém melhorou. Martín ficou com a pole em Mugello, seguido por Bagnaia, Viñales e Marc Márquez.

MotoGP 2024, Mugello, Grid de Largada:

POSMotoPilotoEquipeTempoDiff
189J MARTÍNPramac Ducati1:44.504 
212M VIÑALESAprilia1:44.687+0.183
393M MÁRQUEZGresini Ducati1:44.784+0.280
423E BASTIANINIDucati1:44.880+0.376
51F BAGNAIADucati1:44.547+0.043P +3
621F MORBIDELLIPramac Ducati1:44.896+0.392
731P ACOSTAGasGas1:45.028+0.524
873A MÁRQUEZGresini Ducati1:45.208+0.704
941A ESPARGARÓAprilia1:45.236+0.732
1042A RINSYamaha1:45.296+0.792
1188M OLIVEIRATrackhouse Aprilia1:45.377+0.873
1225R FERNÁNDEZTrackhouse Aprilia1:45.458+0.954
1333B BINDERKTM1:44.994+0.490
1449F DI GIANNANTONIOVR461:45.007+0.503
1520F QUARTARAROYamaha1:45.076+0.572
1672M BEZZECCHIVR461:45.218+0.714
1736J MIRHonda1:45.728+1.224
185J ZARCOLCR Honda1:45.813+1.309
1943J MILLERKTM1:45.824+1.320
2037A FERNÁNDEZGasGas1:45.893+1.389
2144P ESPARGARÓKTM1:45.943+1.439
2232L SAVADORIAprilia1:46.200+1.696
2330T NAKAGAMILCR Honda1:46.265+1.761
2410L MARINIHonda1:46.698+2.194
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.