Lecuona desbanca Bagnaia e se coloca como mais rápido do segundo treino da Moto2 no Japão

Iker Lecuona terminou a sexta-feira (19) em Motegi como o mais rápido do dia. No segundo treino no Japão, o piloto tratou de anotar a marca de 1min52s159 para desbancar Francesco e liderar a sessão

LEIA TAMBÉM

 Ana Carrasco: a campeã que mudou as regras de um esporte dominado por homens

Iker Lecuona soube aproveitar o momento para se colocar como o mais rápido do segundo treino da Moto2 em Motegi. Nesta sexta-feira (19), o piloto anotou a marca de 1min52s159 para terminar o dia japonês na frente.

No início da sessão, Pecco Bagnaia chegou a aparecer como o mais rápido na pista. A cada giro que completava no ensaio desta tarde, o piloto baixava cada vez mais seu tempo. 

Então, quando já estava parado nos boxes ainda na metade da sessão, viu Lecuona pular para a primeira colocação da folha de tempos e fechar com um tempo 0s119 superior. Augusto Fernandez, Fabio Quartararo e Brad Binder completaram o top-5 do treino.

Iker Lecuona (Foto: Swiss Moto2)
Saiba como foi o segundo treino da Moto2 em Motegi:
 
O segundo treino da Moto2 foi a última atividade do dia em terrar nipônicas. Com céu encoberto no momento do ensaio, as condições da pista começavam a melhor e no termômetro indicava 18ºC, com o asfalto também nos 18ºC.
 
Bagnaia foi o primeiro a estabelecer uma marca rápida após a volta de instalação em Motegi. O piloto anotou 1min55s250 para se estabelecer na primeira colocação, seguido por Quartararo, Lowes, Schrotter e Lecuona.
 
Após pouco menos de dez minutos de treino, quem agora estava na ponta da tabela era o #27, mas não por muito tempo. Em seu segundo giro, o #42 baixou o tempo para 1min53s116 para permanecer como o mais veloz.
 
Pecco não estava satisfeito com seu tempo e em sua volta rápida seguinte, tratou de ser ainda mais veloz ao cravar 1min52s669. Lecuona era o segundo, com Quartararo, Nagashima, Schrotter, Mir, Marini, Navarro, Oliveira e Aegerter em seguida.
 
Com 26 minutos para a bandeira quadriculada, Bagnaia, que ainda sustentava a primeira colocação, já estava nos boxes para uma parada programada. O italiano agora sustentava a marca de 1min52s278. Aos poucos, os demais pilotos começavam a seguir o líder.
 
Perto da reta final do ensaio, Lecuona assumiu a ponta da tabela ao baixar a antiga marca em 0s119. Fernandez vinha em terceiro, com Quartararo, Binder, Oliveira, Nagashima, Schrotter, Márquez e Marini completando o top-10.
 
Com pouco mais de cinco minutos para o encerramento do ensaio, poucos eram os pilotos que voltaram ao traçado. O primeiro a deixar a garagem de sua equipe foi Quartararo, o quarto mais veloz.
 
Com a bandeira quadriculada, Lecuona fechou a sessão como o mais rápido. Bagnaia veio em segundo, com Fernandez, Quartararo e Brad Binder fechando a lista dos cinco mais rápidos do dia no Japão.

#GALERIA(9562)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube